Vítor Pereira irrita-se com pergunta: “Quem manda em sua casa, você ou a sua mulher?”

Vítor Pereira irrita-se com jornalista que quis saber quem é que manda na casa do treinador português e quem decide a continuidade no Brasil.

Vítor Pereira irrita-se com pergunta: “Quem manda em sua casa, você ou a sua mulher?”

Vítor Pereira irrita-se com pergunta: “Quem manda em sua casa, você ou a sua mulher?”

Vítor Pereira irrita-se com jornalista que quis saber quem é que manda na casa do treinador português e quem decide a continuidade no Brasil.

Um dos temas que tem dominado a atualidade do futebol brasileiro é a eventual continuidade de Vítor Pereira no comando do Corinthians. Ao ponto de os jornalistas brasileiros estarem constantemente a questionar o treinador português sobre a renovação de contrato com o clube. Este foi um dos temas da mais recente conferência de imprensa do Timão com um jornalista a conseguir irritar Vítor Pereira. Que não só recusou responder como disse que o autor da pergunta era mal-educado.

Vítor Pereira polémico no Brasil: “Medo de demissão? Sabe quanto dinheiro tenho no banco?”
Vítor Pereira, treinador português do Corinthians, causa polémica no Brasil depois de questionado sobre o medo de ser despedido (… continue a ler aqui)

Marco Bello quis saber quem mandava na casa de Vítor Pereira. Se a mulher, que supostamente deseja o regresso do marido a Portugal, ou se o treinador, que terá a vontade de continuar a trabalhar no Brasil. O português revelou a irritação, recusou responder à pergunta, mas o tema da continuidade acabou por ser abordado no final da conferência. “Se o Corinthians quer e eu também quero (ficar), vamos tentar. Vamos ver se consigo. Não é que a mulher mande ou deixe de mandar. A minha mulher anda há 12 anos fora de casa e quem toma as decisões sou sempre eu. Ela fica com os filhos e com a mãe. Não admito esse tipo de comentário. É falta de educação, falta de respeito”, disse Vítor Pereira. “Se o Corinthians não quisesse esperar, estava arrumada a questão. Se eu não quisesse também estava arrumada. Vamos aguardar um bocadinho. Mas não é no timing nem dos jornalistas nem dos adeptos, que querem o melhor para o clube, mas têm que ter calma e esperar”, concluiu.

Jornalista pede desculpas pela pergunta

Mais tarde, o jornalista brasileiro que questionou Vítor Pereira recorreu às redes sociais para deixar um pedido de desculpas. “Amigos, fiz uma reflexão assim que cheguei a casa e quero partilhá-la convosco: estive muito mal na minha pergunta ao técnico Vítor Pereira do Corinthians. Era para ter sido uma pergunta descontraída, mas não saiu assim e acabou por soar ofensiva. Quero pedir desculpas ao Vítor e, quando o encontrar, assim o farei novamente. Espero que entendam ou, pelo menos, compreendam o meu arrependimento. Abraços a todos e fiquem em paz”, publicou no Twitter.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Reprodução Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS