Vítor Pereira pede desculpa após declarações polémicas: “Sei o que é viver com dificuldades”

Vítor Pereira, treinador português do Corinthians, vem a público pedir desculpa pelas declarações inusitadas depois de uma derrota. “Reagi a quente a uma provocação de um jornalista, que, para mim, tinha como única intenção provocar-me”.

Vítor Pereira pede desculpa após declarações polémicas:

Vítor Pereira pede desculpa após declarações polémicas: “Sei o que é viver com dificuldades”

Vítor Pereira, treinador português do Corinthians, vem a público pedir desculpa pelas declarações inusitadas depois de uma derrota. “Reagi a quente a uma provocação de um jornalista, que, para mim, tinha como única intenção provocar-me”.

Vítor Pereira já veio a público pedir desculpa pelas declarações polémicas proferidas após a derrota frente ao Palmeiras de Abel Ferreira. Em causa está a resposta dada a um jornalista brasileiro que quis saber se o treinador português do Corinthians tinha receio de ser despedido. “Reagi de cabeça quente. Depois de um resultado frustrante para aquilo que fizemos em campo, o meu estado, a minha paciência, naturalmente não estava nas minhas melhores condições. Reagi a quente a uma provocação de um jornalista, que, para mim, tinha como única intenção provocar-me. Não o tinha visto em outras conferências”, começa por dizer ao UOL.

Acusação classifica futebolista francês Benjamin Mendy como “predador sexual”
O futebolista internacional francês Benjamin Mendy, que está a ser julgado por alegadas violações, foi hoje classificado em tribunal, pela acusação, como “um predador sexual” que abusou de “vítimas vulneráveis, aterrorizadas e isoladas” (… continue a ler aqui)

“O que quis dizer ali, no fundo, é que não vim para o Corinthians em busca de dinheiro. Graças a Deus, com trabalho, com um pouquinho de sorte, garanti a estabilidade da minha família. Não há mal nenhum nisso. Não vim para o Corinthians por dinheiro, vim por amor, por paixão, pelo desafio, por sentir uma identificação com os adeptos e o povo do Corinthians. Um povo que trabalha, que sofre, que tem dificuldades para comprar bilhetes para ir ao estádio. Também vim de uma família humilde, sei o que é viver com dificuldades. Não estou preocupado em manter o meu lugar, vou trabalhar sempre com muito orgulho de representar 30 e tantos milhões de torcedores do Corinthians. Isso é inegável e orgulha-me muito. Não tenho nada de arrogante. Sou humilde. Humilde, mas com orgulho do trabalho que fiz e daquilo que conquistei na minha carreira”, conclui.

“Sei o que é viver com dificuldades”

As conferências de imprensa controversas começam a ser uma espécie de imagem de marca de Vítor Pereira. Depois de se ter revoltado numa conversa com jornalistas na Arábia Saudita, o treinador português do Corinthians está no centro de uma nova polémica. Tudo por causa de uma resposta dada a um jornalista após a derrota da equipa brasileira frente ao Palmeiras de Abel Ferreira.

A derrota deixa o “Timão” mais longe da liderança do brasileirão e acontece depois de o clube ter sido eliminado da Libertadores. Esta sequência negativa levou a que um jornalista perguntasse a Vítor Pereira se estava com receio de ser despedido. “Você deve estar a brincar comigo. Deve estar a brincar comigo com essa pergunta”, começa por dizer. “Eu, nesta fase da minha vida, da minha carreira, ter medo de perder o emprego? Sabe quanto dinheiro eu tenho no banco, meu amigo? Eu tenho a vida estabilizada, não preciso… Estou aqui no Corinthians, se não for no Corinthians é em outro clube qualquer. E quando eu quiser. Isso passa ao lado. Mais perguntas?”, disse entre risos.

Polémica na Arábia Saudita

Já na altura em que era treinador dos sauditas do Al Ahli, Vítor Pereira foi o protagonista de uma conferência de imprensa que correu mundo. O momento fica marcado pela forma exaltada como o treinador português grita “I speak the truth”. Recorde esse momento.

Texto: Bruno Seruca

Impala Instagram


RELACIONADOS