Vítor Oliveira pretende atrapalhar Sporting em retoma

O treinador Vítor Oliveira assumiu hoje a intenção de perturbar a recuperação do Sporting no domingo, na 12.ª jornada da I Liga de futebol, salientando o momento de forma vivido pelo Gil Vicente.

Vítor Oliveira pretende atrapalhar Sporting em retoma

Vítor Oliveira pretende atrapalhar Sporting em retoma

O treinador Vítor Oliveira assumiu hoje a intenção de perturbar a recuperação do Sporting no domingo, na 12.ª jornada da I Liga de futebol, salientando o momento de forma vivido pelo Gil Vicente.

“Vamos encontrar um Sporting em retoma e com uma assimilação de processos mais conseguida. Esta paragem ajudou e o último jogo motivou-os muito [triunfo sobre o PSV Eindhoven por 4-0 para a Liga Europa], mas nós também estamos melhores e vimos de duas vitórias para o campeonato. Queremos atrapalhar o Sporting, que não era tão mau como se dizia há quatro semanas, nem agora já está tão bom”, frisou o técnico, na conferência de antevisão ao duelo, no Estádio Cidade de Barcelos.

Diante das principais equipas do campeonato, os gilistas venceram o FC Porto (2-1), empataram com o Sporting de Braga (1-1) e cederam perante o campeão nacional Benfica (2-0), construindo “boas exibições”, às quais Vítor Oliveira procura dar continuidade através de nova “surpresa”.

“Falta-nos o talento das quatro melhores equipas portuguesas. Nas outras equipas esse talento é mais escasso e as dificuldades aumentam perante equipas fechadas. Dentro das qualidades e defeitos dos nossos jogadores, estaremos muito mais à vontade contra as equipas que cedem tempo e espaço no seu meio-campo defensivo para criar situações”, analisou.

Recusando que o reencontro entre gilistas e ‘leões’ três dias depois, para a fase de grupos da Taça da Liga, tenha influência no desafio do campeonato, Vítor Oliveira assegurou “muitas cautelas” para contrapor a “movimentação, disponibilidade física e capacidade técnica” de Bruno Fernandes, “um dos grandes jogadores da Europa”.

“Não diria que é meio caminho andado, mas ajudava muito um Bruno Fernandes em sub-rendimento. Já tem sido marcado à zona e homem a homem e os resultados não têm sido tão bons quanto os adversários desejariam. Tem uma preponderância muito grande no Sporting, pelo que joga e pelas assistências e golos que consegue. É um jogador fantástico”, apelidou.

De regresso à elite do futebol português, na sequência do ‘caso Mateus’, os minhotos conservam a invencibilidade caseira, fruto de duas vitórias e quatro empates, alicerçados no “apoio da massa associativa”, mas Vítor Oliveira alerta que as dificuldades vão crescer.

“Passámos esta fase com alguma tranquilidade e estamos numa posição estável. Agora sabemos que o campeonato vai ser muito disputado, apesar de a qualidade não ser o ponto forte. O Gil Vicente está incluído no grupo de equipas que discutirão até à última jornada a possibilidade de continuar na I Liga”, vaticinou.

Os dois emblemas enfrentaram-se por 36 ocasiões no campeonato e os lisboetas triunfaram em metade das deslocações ao Minho, tendo perdido pela última vez em março de 2012.

O Gil Vicente, 10.º colocado com 13 pontos, recebe o Sporting, na quarta posição com 20, no domingo, às 20:00, no Estádio Cidade de Barcelos.

RYTF/GYS // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS