Ucrânia supera Hungria pelo bronze do Europeu de futsal feminino

A Ucrânia garantiu hoje a medalha de bronze da segunda edição do campeonato da Europa de futsal feminino, melhorando o quarto lugar de 2019, ao derrotar a estreante Hungria, por 2-1 no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Ucrânia supera Hungria pelo bronze do Europeu de futsal feminino

Ucrânia supera Hungria pelo bronze do Europeu de futsal feminino

A Ucrânia garantiu hoje a medalha de bronze da segunda edição do campeonato da Europa de futsal feminino, melhorando o quarto lugar de 2019, ao derrotar a estreante Hungria, por 2-1 no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Num duelo entre seleções vizinhas, as ucranianas já venciam ao intervalo pela margem mínima e materializaram o seu ascendente com golos em cada parte de Yuliya Tytova e Snezhana Volovenko, enquanto Viktória Horváth reduziu distâncias para as magiares.

A Ucrânia, quinta colocada do ‘ranking’ europeu, sucedeu no derradeiro lugar do pódio à Rússia, que foi excluída da fase final do campeonato da Europa de 2022 face à invasão militar daquele país de Leste, sendo substituída pela Hungria, sexta da tabela da UEFA.

Dois dias após terem sido goleadas nas meias-finais pela Espanha (9-0), as ucranianas, que voltaram a trazer bandeiras do país às costas na hora do hino nacional, impuseram um ritmo elevado com bola e foram subindo em fulgor ofensivo até desfazerem o ‘nulo’.

Entre defesas da ‘guardiã’ magiar Lilla Torma, que se tinha evidenciado na derrota com Portugal (6-0), Yuliya Tytova tabelou com Sofia Ruban ao nono minuto para o momento capital da primeira parte, na qual rareou a ação junto à baliza de Viktoriia Sagaidachna.

O reatamento iniciou com o 2-0 da Ucrânia, aos 23 minutos, num canto batido na direita por Yuliya Tytova para o ‘tiro’ cruzado de Snezhana Volovenko, perante o esforço da Hungria em lograr, pelo menos, o primeiro golo de sempre numa fase final do Europeu.

Tamás Frank introduziu Zsuzsanna Folk como guarda-redes avançada a seis minutos do fim e foi recompensado aos 39, quando Viktória Horváth bateu Viktoriia Sagaidachna de longe, mas sem forçar o conjunto de Oleg Shaytanov a ter de disputar o prolongamento.

 

Jogo no Pavilhão Multiusos de Gondomar, em Gondomar.

Hungria – Ucrânia, 1-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Yuliya Tytova, 09 minutos.

0-2, Snezhana Volovenko, 23.

1-2, Viktória Horváth, 39.

 

Equipas:

– Hungria: Lilla Torma, Diána Fülöp, Nóra Tóth, Csilla Krascsenics e Viktória Horváth. Jogaram ainda Annamária Hargas, Kitti Szalkai, Rebeka Fábián, Zsuzsanna Folk, Gabriella Csepregi, Katalin Üveges, Gabriella Kota, Adél Varga e Fruzsina Koch.

Selecionador: Tamás Frank.

– Ucrânia: Viktoriia Sagaidachna, Kseniia Hrytsenko, Oleksandra Skybina, Iryna Dubytska e Iuliia Forsiuk. Jogaram ainda Viktoriia Kyslova, Polina Drozd, Yuliya Tytova, Alona Kyrylchuk, Snezhana Volovenko, Taisiia Babenko, Khrystyna Yeromenko, Kseniia Burlachenko e Sofia Ruban.

Selecionador: Oleg Shaytanov.

 

Árbitros: Marjan Mladenovski (Macedónia) e Fatma Özlem Tursun (Turquia).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Katalin Üveges (13), Zsuzsanna Folk (18) e Sofia Ruban (35).

Assistência: Cerca de 300 espetadores.

 

RYTF // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS