Treinador do Vizela vê jogo com Tondela como “mais uma oportunidade de crescer”

O treinador do Vizela, Álvaro Pacheco, afirmou hoje que o embate com o Tondela, referente à segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, no sábado, é uma “oportunidade” para a equipa crescer e aproximar-se do nível desejado.

Treinador do Vizela vê jogo com Tondela como

Treinador do Vizela vê jogo com Tondela como “mais uma oportunidade de crescer”

O treinador do Vizela, Álvaro Pacheco, afirmou hoje que o embate com o Tondela, referente à segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, no sábado, é uma “oportunidade” para a equipa crescer e aproximar-se do nível desejado.

Os minhotos vão receber os beirões no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira, devido às obras em curso no relvado do ‘anfiteatro’ vizelense, e o técnico disse que os seus jogadores devem aproveitar as “boas memórias” que o reduto dos ‘castores’ deixou da época passada, a da subida ao escalão principal, para se aproximarem do “nível” desejado.

“Olhamos para o jogo como mais uma oportunidade. Estamos a iniciar um processo em que a equipa tem vindo a crescer. Acredito que estaremos a um nível muito próximo do que queremos, para conquistarmos o nosso objetivo, que passa pelos três pontos”, disse, na antevisão ao duelo marcado para as 15:30.

Após o desaire da ronda inaugural, frente ao campeão nacional Sporting (3-0), com três golos sofridos na segunda parte, Álvaro Pacheco assumiu que a equipa precisa de “manter a concentração durante mais tempo” no jogo que se segue, para ter hipóteses de pontuar frente a um adversário “muito vertical”, “muito veloz”, com “jogadores à frente muito rápidos”.

“Na I Liga, o pormenor é determinante no desenrolar dos jogos. Temos de ter a capacidade de, sem bola, fechar os espaços (…). Temos de ter um jogo posicional muito assertivo para poder controlar e de apresentar os níveis de concentração da primeira parte do jogo anterior, mantendo-os ao longo dos 90 minutos”, vincou.

O ‘timoneiro’ vizelense projetou, aliás, um “excelente campeonato” dos beirões, devido à continuidade do treinador Pako Ayestarán e de 18 jogadores face à temporada 2020/21, algo que, a seu ver, resulta em “ideias bem assimiladas”.

“É uma equipa em que os jogadores estão juntos há algum tempo. A equipa foi crescendo ao longo da época e terminou muito forte no ano passado. Não tenho dúvidas de que o Tondela vai realizar um excelente campeonato. Já consolidou o seu estatuto na primeira divisão”, observou.

Álvaro Pacheco pediu ainda aos adeptos do Vizela para “aparecerem em massa” ao Estádio Capital do Móvel, para mostrarem aos jogadores, principalmente as ‘caras novas’, o que se “espera da família vizelense”.

Com os reforços Igor Julião e Claudemir já disponíveis após o cumprimento de um período de quarentena, o técnico reconheceu que o defesa-central Bruno Wilson “tem treinado condicionado” ao longo da semana, estando, por isso, em dúvida para sábado.

O Vizela, 17.º classificado, sem qualquer ponto, defronta o Tondela, terceiro, com três, em jogo da I Liga portuguesa de futebol agendado para as 15:30 de sábado, no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira, com arbitragem de Manuel Oliveira, da Associação de Futebol do Porto.

TYME // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS