Treinador do Rio Ave quer dar sequência ao bom resultado com o Sporting

O treinador do Rio Ave, Pedro Cunha, pretende que a sua equipa dê sequência ao recente empate frente ao Sporting e vença o Santa Clara, esta segunda-feira, em jogo da 15.ª jornada da I Liga Portuguesa de futebol.

Treinador do Rio Ave quer dar sequência ao bom resultado com o Sporting

Treinador do Rio Ave quer dar sequência ao bom resultado com o Sporting

O treinador do Rio Ave, Pedro Cunha, pretende que a sua equipa dê sequência ao recente empate frente ao Sporting e vença o Santa Clara, esta segunda-feira, em jogo da 15.ª jornada da I Liga Portuguesa de futebol.

“Depois do que fizemos frente ao Sporting [empate 1-1, em Alvalade, na última jornada] é muito importante para nós encararmos este jogo com ambição de vencer. Estou muito satisfeito com a resposta e determinação dos jogadores”, disse o técnico.

Pedro Cunha reconhece que, depois de um período de maior densidade competitiva, teve “mais tempo para melhorar ideias e criar rotinas”, antecipando, ainda assim, “muitas dificuldades” para o duelo com os açorianos.

“O Santa Clara é uma equipa muito competente, que até tem mais pontos conquistados fora de casa, e certamente virá jogar de igual para igual. Temos de saber os caminhos a percorrer, ter paciência, circular bem bola e mostrar determinação para vencer”, partilhou Pedro Cunha.

Essa tarefa será complicada pelas várias baixas por lesão no conjunto vila-condense, forçando o técnico a chamar jogadores da equipa B do clube para os trabalhos do plantel principal.

“Não é fácil lidar com tantas ausências, e por isso temos sete ou oito jogadores da equipa B integrados no grupo. Mais que olhar para o problema tenho de me focar na solução, Não olho para idade, mais sim para a competência do atleta. Não tenho problemas em lançar jovens”, disse.

O treinador, que chegou com o ‘rótulo’ de interino, mostrou-se satisfeito com a forma como o plantel tem assimilado as suas ideias, mesmo reconhecendo os “obstáculos” que a equipa teve de superar.

“Não aceito o trabalho sem motivação e não concebo o treino sem alegria, compromisso, empatia e afetividade. Julgo que isso foi criado com os exercícios e a minha mensagem. O percurso não é fácil, temos tido alguns obstáculos, mas estou satisfeito com o que temos conseguido”, desabafou.

Apesar de nesta reabertura do mercado de transferências ter recebido apenas um reforço – o médio Guga, ex-Famalicão -, Pedro Cunha espera pela chegada de novos elementos na próxima semana.

“O mercado de janeiro nunca é fácil de abordar, mas tenho confiança no nosso presidente. De certeza que vão chegar novos jogadores, até porque saíram alguns. A administração sabe os lugares que é preciso reforçar e temos atletas já identificados”, partilhou o treinador.

Para a receção ao Santa Clara desta segunda-feira, o técnico dos vila-condenses ainda não pode contar com os lesionados Jambor, Junio Rocha, André Pereira e Nélson Monte, tendo em dúvida a utilização de Pelé e Filipe Augusto, também com limitações físicas.

O Rio Ave, 10.º classificado com 15 pontos, recebe esta segunda-feira o Santa Clara, nono também com 15, numa partida agendada para as 16:30, que terá arbitragem de Miguel Nogueira, da Associação de Futebol de Lisboa.

JPYG // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS