Treinador do Paços de Ferreira pede coragem aos seus jogadores frente ao Tondela

O treinador do Paços de Ferreira, Pepa, pediu hoje “coragem e caráter” aos seus jogadores na receção ao Tondela, apontando a tranquilidade como caminho para o sucesso no jogo da 11.ª jornada da I Liga de futebol, no domingo.

Treinador do Paços de Ferreira pede coragem aos seus jogadores frente ao Tondela

Treinador do Paços de Ferreira pede coragem aos seus jogadores frente ao Tondela

O treinador do Paços de Ferreira, Pepa, pediu hoje “coragem e caráter” aos seus jogadores na receção ao Tondela, apontando a tranquilidade como caminho para o sucesso no jogo da 11.ª jornada da I Liga de futebol, no domingo.

“É daqueles momentos em que ninguém se pode esconder. Temos de encarar a situação de frente e pensar unicamente nos três pontos, independentemente das contrariedades. O nosso foco é o jogo de amanhã [domingo], e apelo aos jogadores para não tremerem, porque juntos vamos conseguir”, disse Pepa, em conferência de imprensa.

Apesar de o Paços ainda não ter conseguido largar os lugares de descida, Pepa insistiu na ideia de que “a equipa está muito bem e mais do que preparada” para defrontar um adversário que ainda não perdeu como visitante no campeonato.

“Não receio nada, estou apenas ansioso pelo jogo. Nos últimos três jogos não fomos inferiores a nenhuma das equipas, mas, depois, há a tranquilidade e isso requer caráter, coragem e que ninguém se esconda. Sei que não é fácil, mas temos de estar tranquilos, porque há competência”, sublinhou.

Para isso, Pepa recorre à sua experiência de duas permanências alcançadas na última jornada para ‘contaminar’ o grupo.

“[A tranquilidade] passa-se com naturalidade, com alegria no trabalho e confiança no que fazemos, sem nos desviarmos do nosso caminho, porque sabemos que estamos no caminho certo”, reforçou.

O Tondela foi a equipa que Pepa orientou nas duas últimas épocas e meia e o reencontro no domingo, como o próprio reconheceu, será “especial”, mas o técnico não valorizou as vantagens desse conhecimento ‘íntimo’ do adversário, que cingiu aos “muitos jogos e treinos” partilhados.

“Temos de fazer outro tipo de contas. O Tondela teve uma entrada forte no campeonato, fora defende bem e é das melhores nas transições. Sabemos isso, estamos identificados e preparados”, concluiu.

O Paços de Ferreira, que ocupa o 17.º e penúltimo lugar da classificação, em zona de descida, com cinco pontos, defronta o Tondela, sétimo classificado, com 15, no estádio Capital do Móvel, a partir das 15:00 de domingo.

CYA // PA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS