Treinador do Moreirense pede “exigência máxima” frente ao Benfica

O treinador Vasco Seabra admitiu hoje que os futebolistas do Moreirense precisam de “exigência máxima” para obterem um inédito triunfo na receção ao Benfica, no domingo, em jogo da 19.ª jornada da I Liga.

Treinador do Moreirense pede

Treinador do Moreirense pede “exigência máxima” frente ao Benfica

O treinador Vasco Seabra admitiu hoje que os futebolistas do Moreirense precisam de “exigência máxima” para obterem um inédito triunfo na receção ao Benfica, no domingo, em jogo da 19.ª jornada da I Liga.

“Vamos ter um adversário recheado de bons valores individuais e com um grande treinador. É um jogo de motivação máxima. Vamos ter de vestir o fato-macaco, mas também queremos vestir o fato de gala. Queremos produzir em termos ofensivos, mas sendo muito intensos defensivamente”, frisou o técnico, em conferência de imprensa.

Os minhotos ainda perseguem a primeira vitória em Moreira de Cónegos sob orientação de Vasco Seabra, que até infligiu uma das três derrotas do Benfica nesta edição do campeonato (3-0), à sexta jornada, em novembro de 2020, quando treinava o Boavista.

“Aquilo que aconteceu ficou para trás. Foi num outro contexto e com outros jogadores. Alteraram-se dinâmicas, mas o Benfica continua a ser muito forte e o Jorge Jesus é um excelente treinador. Deixar-me-ia extremamente satisfeito se pudéssemos dizer que os meus atletas foram capazes de vencer o Benfica. Esse é o nosso único foco”, vincou.

O treinador do Moreirense sabe que os lisboetas “não podem perder pontos” na aproximação ao topo da classificação e estão “com mais processos” nesta fase da época, depois de terem tido “pouco tempo para trabalhar” devido aos casos de infeção pelo novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19.

“O Benfica quer muito crescer na tabela e está em melhoria, mas nós também. Sentimos que temos uma união muito grande e que nos valorizamos individual e coletivamente. O nosso intuito será sempre ir a jogo com uma vontade muito grande de ganhar e temos de estar no máximo das nossas capacidades para podermos ser competitivos”, analisou.

Os ‘cónegos’ somaram duas vitórias “fantásticas e saborosas”, nos estádios de Famalicão (1-0) e Farense (2-1), mas Vasco Seabra voltou a apelar ao plantel “regras básicas como união, ambição, raça e crer”, já que “não existe tranquilidade” nem “espaço para relaxar”.

“As últimas semanas foram preenchidas com jogos e isso atrasa um pouco o processo. Temos de ser uma equipa combativa e competitiva. Se abdicarmos de um segundo do jogo, já vamos estar a sofrer. Será uma luta até ao final e há que pensar em crescer no número de pontos, sempre a jogar bem e a ganhar para valorizar ativos”, concluiu.

O defesa Steven Vitória e o médio Alex Soares terão de cumprir castigo, em função do quinto cartão amarelo visto em Faro, enquanto Pedro Amador, Matheus Silva, Sori Mané, Felipe Pires e Pedro Nuno continuam lesionados e Gonçalo Franco cumpre isolamento.

O Moreirense, oitavo colocado, com 24 pontos, recebe o Benfica, quarto, com 37, no domingo, às 20:15, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, num encontro da 19.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Manuel Oliveira, da associação do Porto.

RYTF // RPC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS