Treinador do Marítimo reconhece que equipa atravessa um “momento ótimo”

O treinador do Marítimo, Júlio Velázquez, reconheceu hoje que a equipa atravessa um “momento ótimo”, não descurando do “início positivo” do Estoril Praia, adversário que defronta na quarta jornada da I liga portuguesa de futebol.

Treinador do Marítimo reconhece que equipa atravessa um

Treinador do Marítimo reconhece que equipa atravessa um “momento ótimo”

O treinador do Marítimo, Júlio Velázquez, reconheceu hoje que a equipa atravessa um “momento ótimo”, não descurando do “início positivo” do Estoril Praia, adversário que defronta na quarta jornada da I liga portuguesa de futebol.

“Estamos num momento ótimo. Vimos de resultados muito interessantes e todos têm hipótese de jogar e ser opção, tanto os que têm jogado mais, como os que não têm jogado tanto”, afirmou o técnico ‘verde rubro’ na conferência de antevisão, que aconteceu no Complexo Desportivo do clube.

Júlio Velázquez frisou que o próximo adversário tem uma “equipa forte, bem trabalhada, que vai criar dificuldades”, mas que também tem fraquezas “como todas as equipas do mundo”.

O espanhol reconheceu ainda que o Estoril Praia “está a fazer as coisas muito bem e o início tem sido muito positivo”, relembrando que, em comparação, os madeirenses já defrontaram duas das equipas mais difíceis do campeonato no arranque da competição.

Nas três jornadas disputadas, o Marítimo saiu derrotado na ronda inaugural diante do Sporting de Braga (0-2), vencendo a jornada seguinte frente ao Belenenses (1-2) e por último empatou (1-1) com o FC Porto.

Já o recém-promovido à I Liga ainda não conheceu o sabor da derrota no campeonato, tendo vencido na primeira jornada o Arouca (0-2) e, na terceira, o Paços de Ferreira (1-3), fora de portas, e, empatado (0-0) com o Vitória de Guimarães.

“Vamos com uma única ideia, sabendo que vai ser um jogo duro e difícil, queremos trazer os três pontos para o Funchal”, destacou Júlio Velázquez, enfatizando que o Marítimo vai “tentar explorar os pontos fracos do adversário” recorrendo aos seus princípios e modelo de jogo.

O treinador, de 39 anos, repetiu o mesmo ‘onze’ inicial diante do Belenenses SAD e na receção ao FC Porto, mas recusa que esta seja a “equipa base”, garantindo que a “estabilidade é um pouco subjetiva” e reforçando que conta com todos os jogadores.

“Para mim, não há 11 ou 13 jogadores que tenham mais hipóteses. Conto com um plantel equilibrado, com uma vontade extraordinária de melhorar dia após dia. Comigo pode jogar qualquer um, em função do momento, do nosso modelo e das conotações da equipa adversária”, frisou.

Após uma segunda nota negativa consecutiva, o relvado do Estádio do Marítimo está interdito a treinos e jogos até uma melhoria das condições no ‘tapete verde’.

Quando questionando sobre o tema, o treinador dos ‘leões do Almirante Reis’ garantiu que o foco está no próximo jogo e, que este assunto “não faz parte da sua competência”.

Sobre a possível chegada de mais reforços, Júlio Velázquez, afirmou que “o mercado é dinâmico até ao último dia”.

O Marítimo, 10.º classificado, com quatro pontos, visita na sexta-feira, às 21:15, o Estoril Praia, que ocupa a terceira posição com sete, numa partida com arbitragem de António Nobre, da AF Leiria.

 

SFYR // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS