Treinador do Marítimo procura melhor exibição e anular velocidade do Aves

O treinador do Marítimo, José Gomes, afirmou hoje que pretende ver um melhor jogo da sua equipa e destacou a velocidade do Desportivo das Aves, adversário da 19.ª jornada da I Liga de futebol.

Treinador do Marítimo procura melhor exibição e anular velocidade do Aves

Treinador do Marítimo procura melhor exibição e anular velocidade do Aves

O treinador do Marítimo, José Gomes, afirmou hoje que pretende ver um melhor jogo da sua equipa e destacou a velocidade do Desportivo das Aves, adversário da 19.ª jornada da I Liga de futebol.

Os insulares foram derrotados na ronda anterior pelo Sporting, em Alvalade, por 1-0, o que colocou um ponto final num período de seis partidas sem perder, mas não foi só o resultado que não agradou a José Gomes.

“Espero conseguir um jogo mais consistente, mais dentro daquilo que temos treinado, e os jogadores têm demonstrado que podemos ter essas expectativas pela forma como têm trabalhado”, referiu na conferência de imprensa de antevisão.

Domingo traz o regresso dos jogos aos Barreiros, visto que o Marítimo vem de duas deslocações, mas também marca o retorno de Nuno Manta Santos à casa do emblema madeirense, que orientou no início da temporada até à 11.ª jornada, tendo saído para a Vila das Aves com apenas três vitórias em 15 encontros.

Para José Gomes, a informação que o seu antecessor tem do clube maritimista não traz vantagem ao adversário, dizendo que “todas as equipas se conhecem” e referiu o que pretende ver da sua equipa.

“Compete-nos fazer aquilo que é o nosso processo de jogo: ter intensidade, mobilidade e velocidade no processo ofensivo e nas nossas dinâmicas de ataque e sermos muito fortes na transição defensiva”, salientou.

A transição defensiva merece muita importância, já que o contra-ataque é apontado como a principal arma da formação avense, que José Gomes considera ter sofrido “significativas melhorias” com a chegada de Nuno Manta Santos, apesar de ainda serem o lanterna- vermelha do campeonato.

“Têm jogadores muito rápidos, são muito fortes na transição ofensiva, rapidamente conseguem envolver três, quatro jogadores, mesmo estando a defender com bloco baixo. Temos de ser fortes para que, no momento em que perdermos a bola, ‘matar’ o contra-ataque”, analisou.

José Gomes congratulou ainda o emblema maritimista, desde o departamento de ‘scouting’ até à direção, pelo trabalho feito no ‘mercado de inverno’, em que conseguiu quatro reforços, o último dos quais Xadas, vindo do Sporting de Braga, e referiu que o internacional japonês Daizen Maeda está de volta às opções, após um mês de baixa por lesão.

O Marítimo, 13.º classificado com 20 pontos, recebe o Desportivo das Aves, 18.º e último com nove, no domingo, com o apito inicial marcado para as 15:00.

DIYA // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS