Tóquio2020: Uzbeque Bakhodir Jalolov com o ouro super-pesado no pugilismo

O uzbeque Bakhodir Jalolov conquistou hoje a medalha de ouro na categoria de peso super-pesado (+91 kg), ao bater o norte-americano Richard Torrez Jr., no combate que encerrou o torneio olímpico de pugilismo de Tóquio2020.

Tóquio2020: Uzbeque Bakhodir Jalolov com o ouro super-pesado no pugilismo

Tóquio2020: Uzbeque Bakhodir Jalolov com o ouro super-pesado no pugilismo

O uzbeque Bakhodir Jalolov conquistou hoje a medalha de ouro na categoria de peso super-pesado (+91 kg), ao bater o norte-americano Richard Torrez Jr., no combate que encerrou o torneio olímpico de pugilismo de Tóquio2020.

A Arena Kokugikan recebeu ainda os combates finais das categorias de peso leve (57/63 kg), em que o cubano Andy Cruz conquistou o ouro frente ao norte-americano Davis Keyshawn, e médio (69/75 kg) feminino, em que a britânica Lauren Price derrotou a chinesa Li Qian.

Li Qian, depois do bronze conquistado no Rio2016, chegou à prata em Tóquio2020, tendo na mesma categoria a holandesa Nouchka Fontijn, segunda há cinco anos no Brasil, terminado em terceiro.

Os representantes de Cuba dominaram o torneio de Tóqui2020, apesar de não terem conquistado qualquer medalha no setor feminino, com a obtenção de quatro de ouro e uma de bronze.

A Grã-Bretanha, com a conquista de duas medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze, e a Rússia, a competir no Japão sob a bandeira do seu comité olímpico, com uma de ouro, uma de prata e quatro de bronze, também estiveram em evidência.

O Brasil arrecadou três medalhas em Tóquio2020, com Hebert Conceição Sousa a chegar ao ouro na categoria de peso médio (69/75 kg), Abner Teixeira ao bronze em peso pesado (81/91 kg) e Beatriz Ferreira também ao bronze em peso leve (57/60 kg).

O torneio masculino ficou ainda marcado pela inusitada reação do britânico Benjamin Whittaker no pódio da categoria de meio-pesado (75/81 kg), em que não quis colocar a medalha de prata ao peito e guardou-a no bolso em forma de protesto.

O cubano Arlen López sagrou-se bicampeão olímpico ao bater o pugilista britânico, mas Benjamin Whittaker não concordou com a decisão dos juízes (4-1) e afirmou, a chorar, que não tinha conquistado a prata, mas sim tinha perdido o ouro.

O também cubano Julio Cesar la Cruz, que no Rio2016 conquistou o ouro na categoria de meio-pesado (75/81 kg), sagrou-se campeão olímpico no escalão de peso pesado (81/91 kg), ao bater o russo Muslim Gadzhimagomedov, que levou a prata.

– Quadro de medalhas do pugilismo:

Masculinos:

– Peso mosca (48/52 kg):

Ouro: Galal Yafai (Grã-Bretanha).

Prata: Carlo Paalami (Filipinas).

Bronze: Saken Bibossinov (Cazaquistão) e Ryomel Tanaka (Japão).

– Peso pena (52/57 kg):

Ouro: Albert Batyrgaziev (Comité Olímpico da Rússia).

Prata: Duke Ragan (Estados Unidos).

Bronze: Lazaro Alvarez (Cuba) e Samuel Takyi (Gana).

– Peso leve (57/63 kg):

Ouro: Andy Cruz (Cuba).

Prata: Davis Keyshawn (Estados Unidos).

Bronze: Harry Garside (Austrália) e Hovhannses Bachkov (Arménia).

– Peso meio-médio (63/69 kg):

Ouro: Roniel Iglesias (Cuba).

Prata: Pat McCormack (Grã-Bretanha).

Bronze: Andrei Zamkovoi (Comité Olímpico da Rússia) e Aidan Walsh (Irlanda).

– Peso médio (69/75 kg):

Ouro: Hebert Sousa (Brasil).

Prata: Oleksandr Khyzhniak (Ucrânia)

Bronze: Gleb Bakshi (Comité Olímpico da Rússia) e Eumir Marcial (Filipinas).

– Peso meio-pesado (75/81 kg):

Ouro: Arlen Lopez (Cuba).

Prata: Benjamin Whittaker (Grã-Bretanha).

Bronze: Loren Alfonso Dominguez (Azerbaijão) e Imam Khataev (Comité Olímpico da Rússia).

– Peso pesado (81/91 kg):

Ouro: Julio Cesar la Cruz (Cuba).

Prata: Muslim Gadzhimagomedov (Comité Olímpico da Rússia).

Bronze: Abner Teixeira (Brasil) e David Nyika (Nova Zelândia).

– Peso super-pesado (+91 kg):

Ouro: Bakhodir Jalolov (Uzbequistão).

Prata: Richard Torrez Jr. (Estados Unidos).

Bronze: Frazer Clarke (Grã-Bretanha) e Kamshybek Kunkabayev (Cazaquistão).

Femininos:

– Peso mosca (48/51 kg):

Ouro: Stoyka Zhelyazkova Krasteva (Bulgária).

Prata: Buse Naz Cakiroglu (Turquia).

Bronze: Tsukimi Namiki (Japão) e Huang Hsiao-wen (Taiwan).

– Peso pena (54/57 kg):

Ouro: Sena Irie (Japão).

Prata Nesthy Petecio (Filipinas).

Bronze: Karsiss Artingstall (Grã-Bretanha) e Irma Testa (Itália).

— Peso leve (57/60 kg):

Ouro: Kellie Anne Harrington (Irlanda).

Prata: Beatriz Ferreira (Brasil).

Bronze: Sudaporn Seesondee (Tailândia) e Mira Marjut Johanna Potkonen (Finlândia).

— Peso meio-médio (64/69 kg):

Ouro: Busenaz Surmeneli (Turquia).

Prata: Gu Hong (China).

Bronze: Lovlina Borgohain (India) e Oshae Jones (Estados Unidos).

– Peso médio (69/75 kg):

Ouro: Lauren Price (Grã-Bretanha).

Prata: Li Qian (China).

Bronze: Nouchka Fontijn (Países Baixos) e Zenfira Magomedalieva (Comité Olímpico da Rússia).

APS // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS