Tóquio2020: Comité Olímpico Internacional “muito confiante” na presença de espetadores

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) declarou-se “muito confiante” sobre a presença de espetadores nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Tóquio2020: Comité Olímpico Internacional

Tóquio2020: Comité Olímpico Internacional “muito confiante” na presença de espetadores

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) declarou-se “muito confiante” sobre a presença de espetadores nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Tóquio, 16 nov 2020 (Lusa) – O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) declarou-se hoje “muito confiante” sobre a presença de espetadores nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, previstos em 2021, depois do adiamento de março devido à pandemia da covid-19.

No final de um encontro em Tóquio com o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, Thomas Bach disse à imprensa estar “muito, muito confiante na presença de espetadores nos estádios olímpicos no próximo ano”.

O chefe do COI elogiou as medidas de luta contra o novo coronavírus em preparação pelo comité organizador local e pelo Governo japonês.

“Estamos a criar uma imensa caixa de ferramentas na qual vamos meter todas as medidas que possamos imaginar”, declarou.

“Vamos tirar [no próximo ano] essas ferramentas da caixas para usar e garantir um ambiente seguro para todos os participantes nos Jogos”, acrescentou.

Numa visita de dois dias a Tóquio, Bach afirmou que o COI está a “desenvolver grandes esforços” para garantir que o maior número possível de participantes e de espetadores sejam vacinados antes de chegarem ao Japão, caso haja uma vacina disponível no mercado até julho próximo.

O responsável do COI deslocou-se a Tóquio para reforçar a confiança dos atletas, dos japoneses e dos patrocinadores quanto à realização efetiva destes Jogos Olímpicos.

O aumento das infeções em grande parte do mundo e a renovação das medidas de confinamento voltaram a levantar questões sobre a realização dos Jogos no próximo ano, caso a pandemia não estiver controlada.

Mais de 60% dos patrocinadores japoneses ainda não se comprometeram a prolongar os contratos para mais um ano, noticiaram no fim de semana os meios de comunicação locais.

Mas os organizadores olímpicos e os responsáveis japoneses insistiram que um novo adiamento ou uma anulação dos Jogos Olímpicos não eram viáveis, nem estavam a ser debatidos.

Yoshihide Suga reiterou que os próximos Jogos Olímpicos vão ser a “prova de que a humanidade venceu o vírus”.

EJ // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS