Tiago Gouveia diz que chamada aos sub-21 foi “recompensa” pelo seu esforço

O futebolista Tiago Gouveia, extremo do Estoril Praia, disse hoje que a primeira chamada à seleção portuguesa de sub-21 foi uma “recompensa” pelo seu esforço, acrescentando que vai trabalhar para ser aposta no Europeu de 2023.

Tiago Gouveia diz que chamada aos sub-21 foi

Tiago Gouveia diz que chamada aos sub-21 foi “recompensa” pelo seu esforço

O futebolista Tiago Gouveia, extremo do Estoril Praia, disse hoje que a primeira chamada à seleção portuguesa de sub-21 foi uma “recompensa” pelo seu esforço, acrescentando que vai trabalhar para ser aposta no Europeu de 2023.

“Fiquei algo surpreso, porque foi depois de um jogo que me avisaram. E ao mesmo tempo fiquei bastante feliz, porque já estava à espera há algum tempo. Tinha trabalhado para isso, tinha-me esforçado muito para estar aqui e felizmente tive essa recompensa”, afirmou o jogador, em conferência de imprensa, em Lagos, no Algarve.

Um dia depois da vitória expressiva dos sub-21 portugueses sobre a República Checa (5-1), no primeiro de dois jogos particulares marcados para Portimão, o jogador, que cumpriu a primeira internacionalização no escalão, confessou estar “muito feliz”.

“Em relação à estreia, obviamente que estou muito feliz. É sempre um prazer e um orgulho estar neste espaço e espero continuar aqui muito mais tempo”, disse, frisando que a adaptação ao grupo foi “fácil”, porque já conhecia os companheiros e a “forma de jogar” da seleção.

Tiago Gouveia salientou que quer ser aposta na fase final do Europeu de sub-21, que se disputa na Geórgia e na Roménia em 2023 e em que Portugal integra o Grupo A, defrontando Geórgia (21 de junho), Países Baixos (24) e Bélgica (27).

“Estive num Europeu de sub-19, foi uma experiência incrível e claro que quero estar no Europeu de sub-21. Ainda falta muito tempo. Vou fazer para isso, não posso ter tudo ‘de mão beijada’, não posso estar à espera que a chamada me caia do céu. Tenho de fazer por isso, vou fazer por isso e, depois, a decisão final cabe ao ‘mister’ Rui Jorge”, assumiu.

Vinculado ao Benfica, que o cedeu ao Estoril Praia, o extremo foi questionado sobre os elogios do treinador alemão Roger Schmidt após a partida entre as duas equipas para a Taça de Portugal, que os ‘encarnados’ venceram (1-0).

“É sempre bom ouvir elogios do treinador da ‘casa-mãe’, mas neste momento estou focado no clube onde estou. Claro que é sempre importante e é sempre gratificante, acima de tudo. O mais importante, neste momento, é a seleção e, em termos de clubes, é o Estoril”, apontou.

Sobre o triunfo de sexta-feira dos sub-21 sobre a República Checa (5-1), Gouveia destacou “uma grande vitória da equipa”.

“O objetivo principal era ganhar e conseguimos ganhar por números expressivos. Agora é dar continuidade”, destacou.

A seleção portuguesa de sub-21 defronta o Japão, no segundo particular deste estágio, na terça-feira, no Estádio Municipal de Portimão, às 19:15.

 

EYP // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS