Tiago Dantas encara particulares com “seriedade” para preparar Europeu sub-21

O futebolista Tiago Dantas disse hoje que a seleção portuguesa de futebol de sub-21 deve encarar com “seriedade” os jogos particulares com República Checa e Japão, assimilando ideias e processos de jogo para o Europeu de 2023.

Tiago Dantas encara particulares com

Tiago Dantas encara particulares com “seriedade” para preparar Europeu sub-21

O futebolista Tiago Dantas disse hoje que a seleção portuguesa de futebol de sub-21 deve encarar com “seriedade” os jogos particulares com República Checa e Japão, assimilando ideias e processos de jogo para o Europeu de 2023.

“Encaramos os dois jogos com a seriedade com que encaramos todos os jogos. Vão servir para prepararmos o Europeu. (…) Queremos entrar nos dois jogos para ganhar e para demonstrar toda a qualidade do jogador português e da seleção”, assinalou o médio, em conferência de imprensa realizada em Lagos, onde a seleção estagia desde segunda-feira.

O jogador dos gregos do PAOK Salónica, emprestado pelo Benfica, considerou que a preparação para as partidas com República Checa e Japão, ambas marcadas para Portimão, “tem corrido bem”.

“É mais um estágio para prepararmos o grande objetivo que é o Europeu no final da época. Vai ser importante, porque não temos muito tempo para treinarmos todos juntos, por motivos óbvios. Sempre que estamos aqui tentamos aproveitar ao máximo para assimilar ideias, processos de jogo e para nos entrosarmos cada vez mais”, afirmou Tiago Dantas.

Na fase final do Europeu de sub-21, em 2023, Portugal integra o grupo A, defrontando Geórgia (21 de junho), Países Baixos (24) e Bélgica (27).

“Toda a gente vem com o intuito de dar o seu melhor. O selecionador não nos vê só aqui, em contexto de seleção, mas também em contexto de clube. Ele sabe das qualidades dos jogadores que traz. Toda a gente se quer mostrar”, garantiu o médio.

Tiago Dantas, de 21 anos, que se mudou para a Grécia no início desta temporada, confessou estar no seu “melhor momento” desde que é profissional.

“Acima de tudo, estou feliz. Estou a jogar, é o mais importante. Estou no meu melhor momento desde que sou profissional. As coisas na seleção têm corrido bastante bem, sempre que sou chamado, e só tenho de dar continuidade ao que tenho feito no clube e em todos os estágios até agora”, frisou.

O internacional sub-21 abordou ainda a renúncia de Fábio Carvalho, extremo do Liverpool, à seleção, revelada na segunda-feira pela Federação Portuguesa de Futebol.

“Foi uma decisão pessoal que o Fábio tomou. É algo que diz respeito a ele e tem de ser respeitado”, referiu.

Portugal defronta República Checa e Japão nos dias 18 e 22 de novembro, respetivamente, ambos os jogos no Estádio Municipal de Portimão, às 19:15.

EYP // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS