Tenista russa detida por suspeita de viciação de resultados no Roland Garros

A tenista russa Yana Sizikova foi detida na quinta-feira, em Paris, no âmbito de uma investigação por suspeitas de viciação de um resultado num jogo de pares na edição passada do torneio de Roland Garros, disse hoje fonte policial.

Tenista russa detida por suspeita de viciação de resultados no Roland Garros

Tenista russa detida por suspeita de viciação de resultados no Roland Garros

A tenista russa Yana Sizikova foi detida na quinta-feira, em Paris, no âmbito de uma investigação por suspeitas de viciação de um resultado num jogo de pares na edição passada do torneio de Roland Garros, disse hoje fonte policial.

A tenista russa Yana Sizikova foi detida na quinta-feira, em Paris, no âmbito de uma investigação por suspeitas de viciação de um resultado num jogo de pares na edição passada do torneio de Roland Garros, disse hoje fonte policial.

Sizikova, 101.ª jogadora do ‘ranking’ mundial de pares, foi, de acordo com a mesma fonte, detida após um encontro, na sequência da investigação, que decorre desde outubro, por “corrupção no desporto” e “viciação de resultados”.

A investigação, divulgada pelos jornais Die Welt e L’Equipe, recai sobre um jogo de pares femininos, em 30 de setembro de 2020, entre as romenas Andreea Mitu e Patricia Maria Tig e a dupla formada pela russa Yana Sizikova e a norte-americana Madison Brengle, da primeira ronda daquele torneio do Grand Slam.

Em concreto, está em causa o quinto jogo do segundo ‘set’, em que a jogadora russa fez duas duplas faltas, entregando o ponto às adversárias.

De acordo com a investigação, “quantias elevadas foram apostadas na vitória das romenas, em vários operadores de Paris, com ordens vindas de vários países”.

LEIA AINDA
Covid-19: Segunda fase com centros de vacinação rápida, farmácias e 'website', revela Gouveia e Melo
Covid-19: Já há data para jovens com mais de 20 anos serem vacinados
O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador do plano de vacinação contra a covid-19, anunciou nesta terça-feira a data que a faixa etária dos 20 aos 30 anos começará a ser vacinada.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS