Tenista Nuno Borges com melhor ranking de sempre, Djokovic bate recorde no topo

O português Nuno Borges subiu ao 85.º lugar do ranking mundial de ténis, a melhor classificação de sempre, numa lista atualizada hoje e na qual o sérvio Novak Djokovic estabeleceu novo recorde absoluto de 378 semanas na liderança.

Tenista Nuno Borges com melhor ranking de sempre, Djokovic bate recorde no topo

Tenista Nuno Borges com melhor ranking de sempre, Djokovic bate recorde no topo

O português Nuno Borges subiu ao 85.º lugar do ranking mundial de ténis, a melhor classificação de sempre, numa lista atualizada hoje e na qual o sérvio Novak Djokovic estabeleceu novo recorde absoluto de 378 semanas na liderança.

Um dia após ter conquistado o torneio de Monterrey, prova mexicana do circuito challenger, Nuno Borges, de 26 anos, subiu 18 posições no ranking, para a 85.ª, superando o melhor posicionamento que tinha na hierarquia mundial, o 91.º posto alcançado em novembro de 2022.

O número um português impôs-se no domingo ao croata Borna Gojo, na final do torneio de Monterrey, por 6-4 e 7-6 (8-6), conquistando o terceiro challenger da carreira, depois dos êxitos em Antália (Turquia), em 2021, e Barletta (Itália), em 2022, ambos de categoria inferior à prova mexicana.

Mesmo sem competir desde o Open da Austrália — que venceu -, Djokovic manteve-se no topo da classificação, tornando-se o tenista com maior número de semanas no comando do ranking nos circuitos profissionais, com 378, superando a alemã Steffi Graf (377).

Djokovic continua a ser seguido de perto pelo espanhol Carlos Alcaraz, segundo colocado, que poderia ter igualado o sérvio se tivesse vencido a final do torneio do Rio de Janeiro (perdida para o britânico Cameron Norrie), seguindo-se o grego Stefanos Tsitsipas e o norueguês Casper Ruud, terceiro e quarto da hierarquia, respetivamente.

O norte-americano Taylor Fritz subiu dois lugares, para o quinto, e o russo Andrey Rublev desceu um, para o sexto, em contraponto com o compatriota Daniil Medvedev, que ascendeu uma posição, para a sétima, enquanto o espanhol Rafael Nadal caiu duas, para a oitava.

O canadiano Felix Auger-Aliassime (nono) e o dinamarquês Holger Rune (10.º) fecham o top 10 do ranking masculino, no qual João Sousa continua a ser o segundo melhor representante português, apesar de ter descido quatro lugares, para o 147.º.

Na classificação feminina não se registaram alterações entre as 10 tenistas mais bem posicionadas, com a polaca Iga Swiatek a manter-se na liderança, seguida da bielorrussa Aryna Sabalenka e da norte-americana Jéssica Pegula, segunda e terceira colocadas, respetivamente.

RPC // MO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS