Suplente McTominay salva Manchester United nos descontos

O suplente Scott McTominay entrou hoje nos últimos minutos para salvar o Manchester United de nova derrota, com o médio internacional escocês a marcar nos descontos, aos 90+3 e 90+7 minutos, frente ao Brentford (2-1).

Suplente McTominay salva Manchester United nos descontos

Quando tudo se encaminhava para mais um ‘pesadelo’ do United, desta vez na Liga, e com Diogo Dalot e Bruno Fernandes em campo, o treinador neerlandês Erik Ten Hag ganhou a aposta em McTominay, que entrou como homem de área nos instantes finais e assumiu o papel de herói.

A jogar em casa, a equipa de Manchester perdia desde a primeira parte, quando Jensen fez o 1-0 para o Brentford, num lance em que o guarda-redes André Onana esteve mal, com a bola a entrar no meio da baliza.

McTominay evitou também o que poderia ter sido a terceira derrota consecutiva em casa, depois de os ‘red devils’ caírem na última ronda diante do Crystal Palace (1-0) e na terça-feira frente aos turcos do Galatasaray (3-2), na Liga dos Campeões.

A oitava jornada da Liga inglesa deixa para já o United em nono lugar, a oito pontos do líder, à condição, Tottenham, que hoje abriu os jogos da tarde com uma difícil vitória na visita ao Luton (1-0).

Os ‘spurs’ precisaram de ‘alma’ para vencerem, graças a um golo de Micky van de Ven, aos 52 minutos, e quando a equipa jogou reduzida a 10 jogadores a partir dos 45+4, por acumulação de amarelos e expulsão de Bissouma.

A vitória deixou o Tottenham com 20 pontos, mais dois do que o tricampeão Manchester City, que, no domingo, visita o terceiro classificado, o Arsenal, com 17 pontos. No mesmo dia, o Liverpool (quarto, 16 pontos) visita o Brighton (sexto, 15), e o Aston Villa (quinto, 15) desloca-se ao terreno do Wolverhampton (16.º, 7).

Em outros jogos de hoje, o Fulham, de Marco Silva e com João Palhinha uma vez mais no centro das operações no meio-campo, venceu em casa o Sheffield United (3-1), num jogo interrompido por algum tempo face à grave lesão de Chris Basham.

O defesa do Sheffield United, de 35 anos, prendeu o pé quando tentava um cruzamento e as imagens mostraram imediatamente a gravidade da lesão, com o pé do jogador virado no sentido contrário, indicando uma fratura exposta ao nível da articulação.

No jogo, existiu também infortúnio em autogolos de parte a parte, com o Fulham a estar a vencer por 1-0, o Sheffied a empatar de autogolo, e os londrinos a recolocarem-se em vantagem, também com um golo na própria baliza.

O Everton, com Beto e Chermiti a entrarem na parte final e com o resultado feito, venceu em casa o Bournemouth, por claros 3-0, enquanto o Chelsea manteve a tendência vitoriosa e foi golear à casa do Burnley (4-1), num jogo em que esteve a perder.

Ainda hoje, o Crystal Palace recebe o Nottingham Forest, numa jornada que se completa no domingo, com os jogos Brighton-Liverpool, West Ham-Newcastle, Wolverhampton-Aston Villa e Arsenal-Manchester City.

RPM // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS