Suécia vence Inglaterra e volta a repetir um terceiro lugar no Mundial de futebol feminino

A Suécia voltou hoje a ser terceira no Mundial de futebol feminino, ao vencer a Inglaterra por 2-1 em Nice, repetindo as campanhas de 1991 e 2011.

Suécia vence Inglaterra e volta a repetir um terceiro lugar no Mundial de futebol feminino

Suécia vence Inglaterra e volta a repetir um terceiro lugar no Mundial de futebol feminino

A Suécia voltou hoje a ser terceira no Mundial de futebol feminino, ao vencer a Inglaterra por 2-1 em Nice, repetindo as campanhas de 1991 e 2011.

As suecas, que têm como melhor resultado a final perdida de 2003, contrariaram o favoritismo das inglesas, terceiras no último Mundial, para resolver o jogo ainda na primeira parte,

Hoje, não deixava de ser uma medalha de ‘consolação’ para as semifinalistas vencidas: a Suécia pela campeã europeia Holanda, 1-0 após prolongamento, e a Inglaterra, a crescer no feminino, pelas campeãs mundiais, os Estados Unidos.

Em Nice, na Allianz Riviera, a vantagem sueca resultou de um erro na defesa inglesa, logo aos 11 minutos, com Alex Greenwood a aliviar a bola sem força suficiente e para os pés de Kosovare Aslani, que rematou de primeira.

O 2-0 resultou de um lance individual de Sofia Jakobsson, jogadora do Montpellier e hoje eleita a melhor em campo, que entrou na área pelo lado esquerdo e, com um remate em arco, colocou a bola junto ao poste mais distante, aos 22 minutos.

Fran Kirby ainda deu esperança às inglesas ante do intervalo, também num lance individual do lado direito em que fintou e rematou rasteiro, e pouco antes de a Inglaterra ver um golo anulado, por alegada mão de Ellen White.

Na segunda parte, apesar de um maior domínio da Inglaterra — que chegou aos 54% de posse e teve mais remates, mas menos enquadrados -, a Suécia conseguiu gerir a vantagem e segurar o terceiro lugar no Mundial2019.

No domingo, em Lyon, a partir das 17:00 locais (16:00 em Lisboa) disputa-se a final entre Estados Unidos, que procura o quarto título mundial, segundo consecutivo, e a Holanda, que nunca venceu e tão pouco chegou a um lugar de pódio.

RPM // PA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS