Sporting: Há novas mensagens de WhatsApp dos invasores da Academia

Sporting: Há novas mensagens de WhatsApp dos invasores da Academia

Foram detidos mais nove elementos e estas mensagens foram algumas das provas para deter estes adeptos do Sporting.

A invasão à Academia Alcochete, no dia 15 de maio, foi previamente combinada na aplicação de conversação móvel Whatsapp. O jornal Correio da Manhã realça ainda que havia três grupos de conversa a planear a invasão. Tinham o nome de “Piranhas, “Exército Invencível” e “Academia Amanhã”. Os membros destes ‘chats’ com várias pessoas debatiam a atualidade do clube e combinavam encontros entre sportinguistas, especialmente os das claques.

“Batam neles PF”

“Que vergonha f*, vamos bater neles?”

“Filhos de uma grande p*, por mim era ir ao treino”

“Bora, vamos lá… tudo a levar nos cornos”

“F*, igual ao Adrien, fazem tudo ninguém lhes faz nada, eu quero bater neles e no Jesus também, parecia que tava na praia deitado. F*… Inadmissível… Um treinador do Sporting deitado num jogo, f*, epa”

“Coentrão na 2ª parte não quis jogar mais”

William essa m* já nem palavras tenho para esse gajo só me apetece espancá-lo

Patrício f* vê se mesmo que já se tá a cagar para o clube, Coates nojento mais uma vez, Piccini nem com a peida consegue, Gelson é burro todos os dias, Bas Dost não corre pensa que só jogam para ele”

A SIC Notícias também revelou outras mensagens, já a planear o ataque, distribuindo até os jogadores e equipa técnica pelos agressores:

“Malta o melhor é academia!!! Chegar, carregar no treino e acabou… Invadimos aquilo”

“Quem tiver tochas traga-me”

“Aquilo são 2/3 seguranças na porta não nos conseguem travar. Quando a polícia chegar já nos fomos embora”

“Comecem já a ver com quem ficam… O JJ é meu, Mini capo com o Podence… Mathieu é para o Guerra, Bruno César é para o Paulo… Moita é o Ruben Ribeiro”

“Então bate no William a sério, por favor”

A insatisfação dos adeptos do Sporting e da claque Juventude Leonina expressou-se ainda mais nestas mensagens após a derrota dos leões frente ao Marítimo, na Madeira, em jogo a contar para a última jornada do campeonato. Recorde-se que esta terça-feira foram detidos mais nove adeptos leoninos, suspeitos de terem participado nas agressões dentro das instalações da Academia. Já foram todos ouvidos pelas autoridades.

LEIA MAIS: «Tira essa camisola, vamos f*der-te!», os relatos dos jogadores na invasão à Academia Sporting 

Fonte da GNR disse à agência Lusa que esta força policial fez um total de oito detenções, enquanto a PSP confirma que deteve uma pessoa, em Lisboa, tendo participado também nas operações na margem sul. Ao todo estão 27 adeptos detidos, em prisão preventiva. Cerca de 50 adeptos invadiram a Academia Sporting, em Alcochete, no dia 15 de maio.

RECORDE: Ataque na Academia do Sporting: «Vamos matar-vos! Não ganhem no domingo que vão ver»

 


RELACIONADOS