Sporting assegura encaixe financeiro de 65 milhões de euros

O Sporting informou hoje, através de um comunicado enviado à CMVM, que efetuou uma operação financeira que lhe assegurou um encaixe financeiro de 65 milhões de euros.

Sporting assegura encaixe financeiro de 65 milhões de euros

Sporting assegura encaixe financeiro de 65 milhões de euros

O Sporting informou hoje, através de um comunicado enviado à CMVM, que efetuou uma operação financeira que lhe assegurou um encaixe financeiro de 65 milhões de euros.

Lisboa, 20 mar (Lusa) — O Sporting informou hoje, através de um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que efetuou uma operação financeira que lhe assegurou um encaixe financeiro de 65 milhões de euros (ME).

Para a concretizar, a SAD ‘leonina’ revela hoje ter procedido “à cessão dos créditos decorrentes do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva e multimédia, de exploração da publicidade estática e virtual do Estádio José Alvalade, de distribuição do canal Sporting TV e direitos de patrocinador principal, celebrado em 28 de Dezembro de 2015, entre a Sporting SAD, a Sporting Comunicação e Plataformas, S.A. e a NOS Lusomundo Audiovisuais, S.A”.

Mais informou aquela SAD, que os créditos cedidos servirão para “colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários que permitirão à Sporting SAD recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos, simultaneamente com o reembolso das obrigações titularizadas, o que poderá acontecer antecipadamente e a qualquer momento na sequência de solicitação da Sociedade”.

O Sporting não revela no comunicado a entidade financiadora, mas esta solução surge num contexto de problemas de tesouraria que a SAD vive, avaliados na ordem dos 41 ME, como reconheceu publicamente o próprio presidente do clube, Frederico Varandas.

O dirigente chegou a revelar que o clube poderia falhar o pagamento a fornecedores, correndo o risco de ser impedido de se inscrever nas provas europeias, caso aquele valor de 41 milhões não fosse alcançado até junho próximo.

JEC // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS