Simone Biles prossegue a 'lenda' e chega às 13 medalhas de ouro em Mundiais

Simone Biles prossegue a ‘lenda’ e chega às 13 medalhas de ouro em Mundiais

A norte-americana Simone Biles, hoje campeã em Doha na disciplina de salto, chegou ao total de 13 títulos em campeonatos do mundo de ginástica, garantindo ainda a medalha de prata nas paralelas assimétricas.

Aos 21 anos, a campeã olímpica continua em grande forma e é a grande figura destes Mundiais de Doha, já que na véspera tinha arrebatado, pela quarta vez, o ouro no concurso geral.

A ronda de hoje foi reservada a finais por aparelhos, duas no setor feminino e três no masculino, onde o campeão do concurso geral, o russo Artur Dalaloyan, também brilhou de novo, com o título no solo.

A vitória de Biles no salto, à frente da canadiana Shallon Olsen e da mexicana Alexa Moreno, tem de resto um sabor especial, porque era um ouro que lhe escapava: prata em 2013 e 2014 e bronze em 2015 era até agora o melhor.

Na capital do Qatar, Biles ganhou, até ao momento, por equipas, o concurso completo e o salto, só ‘falhando’ nas paralelas assimétricas, em que ganhou com boa vantagem a canadiana Nina Derwael, com a alemã Elisabeth Seitz a garantir bronze.

No Solo, Dalaloyan, o campeão do concurso completo, arrebatou o título ao japonês Kenzo Shirai, agora segundo.

Também no cavalo com arções o campeão anterior, o britânico Max Whitlock, desceu para segundo. O ouro segue para a China, com Xiao Ruoteng, vencedor do concurso geral no ano passado.

Não houve surpresa nas argolas e o grego Eleftherios Petrounias chegou ao ‘tri’. Com o bronze ficou o veterano Arthur Zanetti, o campeão olímpico de 2012.

FB // NFO

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Simone Biles prossegue a ‘lenda’ e chega às 13 medalhas de ouro em Mundiais

A norte-americana Simone Biles, hoje campeã em Doha na disciplina de salto, chegou ao total de 13 títulos em campeonatos do mundo de ginástica, garantindo ainda a medalha de prata nas paralelas assimétricas.