“Seria um sonho que Ronaldo se retirasse com a ‘copa’ do Mundo nas mãos” – Futre

O antigo futebolista Paulo Futre afirmou hoje que espera que Cristiano Ronaldo “não jogue em mais nenhuma equipa” se isso significar que a seleção portuguesa seja campeã mundial, como revelou na entrevista a Piers Morgan.

“Seria um sonho que Ronaldo se retirasse com a ‘copa’ do Mundo nas mãos” – Futre

O antigo futebolista Paulo Futre afirmou hoje que espera que Cristiano Ronaldo “não jogue em mais nenhuma equipa” se isso significar que a seleção portuguesa seja campeã mundial, como revelou na entrevista a Piers Morgan.

Cristiano Ronaldo vai sair do Manchester United “com efeitos imediatos” e por acordo mútuo, anunciou na terça-feira o clube inglês, na sequência de uma entrevista em que o avançado disse sentir-se “traído” e desrespeitado no clube, ao qual voltou em 2021.

“Espero que ele não jogue em mais nenhuma equipa. Ele disse na entrevista que, se for campeão do mundo, retira-se. Seria um sonho maravilhoso que ele não jogasse em mais nenhuma equipa e se retirasse com a copa do Mundo nas mãos”, lembrou Futre.

À margem de uma ação promocional de uma loja de produtos eletrónicos, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, o antigo jogador de Sporting, FC Porto e Benfica, e que se notabilizou ao serviço dos espanhóis do Atlético de Madrid, nomeou também outras possibilidades de carreira que considera positivas para o internacional luso e o futebol.

“Há dois clubes onde seria muito bem recebido pelos adeptos: Sporting e Real Madrid. Agora, também houve esta publicidade que fez com o Messi. Nunca se sabe se Neymar ou Mbappé podem sair [do Paris Saint-Germain]. Como amante do futebol, ver estes dois ‘extraterrestres’ a acabar a carreira juntos seria um sonho para todos”, apontou.

Instado a comentar o ‘conflito’ entre Ronaldo e o clube inglês, em particular com Erik Ten Hag, Paulo Futre afirmou que, tal como o atual capitão da seleção portuguesa, não respeita o treinador neerlandês e realçou a vontade de ‘vingança’ neste Mundial.

“Sabemos que o Cristiano é o ‘número um’ a vingar-se dentro do campo. Vamos lá ver se este ‘artista’ [Ten Hag] não vai ter pesadelos — oxalá que sim — durante o Mundial. É sinal que o Cristiano está a fazer golos e um grande Campeonato do Mundo”, afirmou.

Também Ricardo Quaresma marcou presença no mesmo evento e, em declarações aos jornalistas, mostrou-se convicto de que toda esta situação ainda o “vai motivar mais”.

“Ele, quando foi para este Mundial, já vinha muito motivado. Agora, com esta situação, acho que ainda se vai motivar mais, pois acredito que ainda queira jogar”, expressou.

Contudo, Quaresma não quis comentar algumas possibilidades de futuro para Cristiano Ronaldo, pois “só ele pode falar sobre isso”, desejando-lhe “a maior sorte do mundo”.

“Como amigo dele, desejo-lhe a maior sorte do mundo. Que ele seja feliz, que é o mais importante. Nesta fase, em que não tem nada a mostrar, acho que o mais importante para ele é desfrutar do futebol”, sublinhou o 80 vezes internacional, com 10 tentos.

Como Cristiano Ronaldo está sem clube, o mesmo se aplica a Ricardo Quaresma, que, aos 39 anos, admitiu hoje que tem “coisas em cima da mesa” e que está a preparar-se para regressar ao ativo “em breve”, mas sem ter nada decidido em relação ao futuro.

“Ainda quero jogar e estou a preparar-me para isso. Ainda não tenho nada decidido, mas tenho coisas em cima da mesa. Há coisas que temos de pensar bem. Quando há família, temos de pensar no que é melhor para todos. Vou sentar-me com as pessoas que estão comigo e irei decidir mais tarde”, revelou ainda o avançado, que abandonou o Vitória de Guimarães em 2021/22, após passagens por Sporting, Barcelona, FC Porto, Inter de Milão, Chelsea, Al Ahli, Besiktas e Kasimpasa, durante os derradeiros 20 anos.

DYRP // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS