Sérgio Conceição diz que o importante é estar em primeiro em maio

O treinador do FC Porto garantiu que prefere estar em primeiro lugar do que em segundo, mas lembrou o que o importante é a classificação em maio, quando acaba a I Liga portuguesa de futebol.

Sérgio Conceição diz que o importante é estar em primeiro em maio

Sérgio Conceição diz que o importante é estar em primeiro em maio

O treinador do FC Porto garantiu que prefere estar em primeiro lugar do que em segundo, mas lembrou o que o importante é a classificação em maio, quando acaba a I Liga portuguesa de futebol.

“No final do campeonato é que é importante [estar em primeiro]. Em quatro ganhámos dois, o importante é em maio estar em primeiro. Essa pressão aqui é diária, conseguir evoluir sempre em cada treino, na preparação dos jogos. Prefiro a pressão de estar em primeiro do que ser segundo e andar atrás do primeiro. Mas é claro que é mais confortável estar em primeiro”, referiu Sérgio Conceição.

Em conferência de imprensa de antevisão da partida com o Santa Clara, da 11.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, o técnico garantiu que não esqueceu a derrota para a Taça da Liga, frente a equipa açoriana, na última vez que se defrontaram, mas acredita que é responsabilidade do FC Porto fazer mais para conseguir um resultado diferente.

“Nesse jogo, pelo contexto – eu mudei 10 jogadores nessa partida, Nuno Campos também fez algumas mudanças -, nós não controlamos a estratégia dos adversários, mas temos de estar preparados. Somos uma equipa que tem essa obrigação, teoricamente mais forte, que luta pelo campeonato e temos de assumir. Estamos aqui para corrigir, aprender com os erros”, afirmou.

Sérgio Conceição reforçou a vontade de manter a liderança na prova e para isso é preciso dar uma boa resposta frente ao Santa Clara.

“Queremos continuar no lugar que queremos que é este, que é o primeiro. Queremos solidificar e acabar o campeonato no primeiro lugar. Temos muitas batalhas pela frente e esta é mais uma”, garantiu.

O técnico dos ‘azuis e brancos’ sabe o que é necessário fazer para conseguir os três pontos e não coloca em causa o empenho dos seus jogadores.

“É importante perceber o que não se fez e o que é necessário para se ganhar. Houve muita coisa que não correu bem nesse jogo. Não estou a falar do empenho ou o querer ganhar. O querer ganhar é uma coisa, o fazer as coisas para isso acontecer é outra coisa. Tenho um grupo que conheço e não é porque esse jogo que vou deixar de acreditar na grande ambição que tem. Cada jogo tem a sua história, e este vai ser diferente porque queremos encaminhar para outro lado”, assegurou.

Questionado sobre as eventuais dificuldades do FC Porto com equipas teoricamente menores, Sérgio Conceição não concordou.

“Não acho. Estamos em primeiro lugar. Não temos dificuldade nenhuma. Acho que este é o ano que o FC Porto, naquilo que é um futebol vistoso, para o adepto, está a praticar um futebol mais bonito e consegue desmontar as variações defensivas dos adversários com uma facilidade e ocupação do espaço fantástica no meio-campo ofensivo”, disse ainda.

O FC Porto, líder do campeonato, com 26 pontos, desloca-se este domingo, às 17:00, ao Estádio de São Miguel, nos Açores, para defrontar o Santa Clara, último classificado, com seis, numa partida da 11.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrada por Rui Costa, da associação do Porto.

JYA // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS