Sérgio Conceição admite mudanças no FC Porto frente ao Belenenses

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, admitiu hoje que irá fazer mudanças na equipa, para gerir os índices físicos, na partida de quinta-feira, frente ao Belenenses SAD, da 17.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Sérgio Conceição admite mudanças no FC Porto frente ao Belenenses

Sérgio Conceição admite mudanças no FC Porto frente ao Belenenses

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, admitiu hoje que irá fazer mudanças na equipa, para gerir os índices físicos, na partida de quinta-feira, frente ao Belenenses SAD, da 17.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, admitiu hoje que irá fazer mudanças na equipa, para gerir os índices físicos, na partida de quinta-feira, frente ao Belenenses SAD, da 17.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“Obrigatoriamente, vou ter que mudar. Há jogadores com uma carga [física] em cima grande. Entre um jogador com fadiga e outro, que mesmo que as pessoas pensem que tenha menos qualidade, está mais fresco, é preferível apostar nesse. Não posso deixar de olhar para aquilo que vamos ter nas próximas semanas”, admitiu o técnico portista, abordando o calendário apertado da equipa.

Apesar dessas alterações anunciadas, Sérgio Conceição garantiu “foco total” do grupo no duelo com o Belenenses SAD, reconhecendo as dificuldades de defrontar um adversário que tem apresentado bons níveis defensivos no campeonato.

“Além do relvado do Jamor, que não me parece estar em bom estado, vamos encontrar uma equipa que defensivamente é uma das melhores da Liga. Fecham-se bem, mas não deixam de fazer golos. São perigosos a explorar a profundidade e o espaço das costas da linha defensiva do adversário. Temos de estar atentos para ganhar”, analisou o técnico dos ‘dragões’.

Visto que o jogo com o Belenenses SAD fecha a primeira volta do campeonato, Sérgio Conceição já fez um balanço da metade inicial da Liga, e reconhecendo que o campeão nacional até “não entrou bem” na prova, mas agora “está nos eixos”.

“A pandemia veio influenciar algumas escolhas e estratégias. Houve jogos em que tínhamos tudo planeado e tivemos de mudar. Sem me querer desculpar com isso, tínhamos todas as condições para ganhar ao Paços de Ferreira e ao Marítimo, e com esses seis pontos estaríamos no primeiro lugar. Tem servido de aprendizagem e adaptação. Mesmo neste contexto difícil, os jogadores têm respondido bem à exigência”, descreveu o treinador.

Questionado se os quatro pontos de desvantagem para o líder Sporting lhe causam alguma impaciência, Sérgio Conceição lembrou que o “campeonato é uma maratona”, e considerou que “seria um erro” estar a pensar no duelo com os ‘leões’ [da jornada 21] sem antes vencer os jogos até lá.

“O Sporting está a ganhar os jogos dele e nós os nossos. O importante é manter esta cadência até ao final e tentar agregar o máximo de pontos possíveis. Não fomos tão competentes num ou outro jogo, em que podíamos ter feito mais, mas agora, temos de correr atrás do prejuízo”, disse.

Também por isso, Sérgio Conceição não resumiu a luta pelo título à sua equipa e à do Sporting, lembrando que “ainda há muitos pontos em disputa”.

“Os campeonatos anteriores são a prova que ninguém fica arredado do título estando, nesta fase, a 7, 9 ou 10 pontos. Cada vez é mais difícil ganhar jogos. Há quatro equipas que lutam pelo título e mais duas, o Paços de Ferreira e o Vitória de Guimarães, que se aproximam de forma interessante”, afirmou o treinador do FC Porto.

Para o jogo com o Belenenses SAD, Sérgio Conceição ainda não poderá contar com Mbaye, Marcano e Otávio, que recuperam de lesões.

O FC Porto, segundo classificado, com 38 pontos, defronta na quinta-feira, no estádio Nacional, no Jamor, o Belenenses SAD, 14.º com 15, numa partida agendada para as 19:00, que terá arbitragem de Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS