Selecionador da Eslováquia demitido devido aos fracos resultados na Liga das Nações

O selecionador da Eslováquia, Pavel Hapal, foi demitido na sequência dos fracos resultados da seleção eslovaca no grupo 2 da Liga B da Liga das Nações de futebol, na qual é a última classificada.

Selecionador da Eslováquia demitido devido aos fracos resultados na Liga das Nações

Selecionador da Eslováquia demitido devido aos fracos resultados na Liga das Nações

O selecionador da Eslováquia, Pavel Hapal, foi demitido na sequência dos fracos resultados da seleção eslovaca no grupo 2 da Liga B da Liga das Nações de futebol, na qual é a última classificada.

Sob o comando técnico de Hapal, que assumiu as funções há dois anos, a Eslováquia apurou-se para as finais do ‘play-off’ de acesso à fase final do Euro2021, tendo um compromisso decisivo com a Irlanda do Norte, no próximo dia 12 de novembro, cujo vencedor irá integrar o grupo da Espanha, da Polónia e da Suécia.

No entanto, o desempenho da seleção eslovaca na Liga das Nações tem sido desapontante, com um ponto apenas somado em quatro jogos, a última das quais em casa frente à seleção de Israel, por 3-2, na quarta-feira, estando em sério risco de descer à Liga C.

O grupo 2 da Liga B da Liga das Nações é liderado pela Escócia, com 10 pontos, seguido da República Checa, com seis, de Israel, com cinco, e da Eslováquia, com um apenas.

Pavel Hapal teve um teste positivo de covid-19 antes da partida frente aos israelitas, tal como outros membros da equipa técnica e jogadores num total de nove elementos, e foi colocado de quarentena, pelo que não esteve no banco a orientar a equipa.

O antigo médio da Checoslováquia e da República Checa, que somou seis vitórias, quatro empates e sete derrotas no comando técnico da Eslováquia, tinha orientado a seleção de sub-21 entre 2015 e 2017.

A Federação Eslovaca de Futebol deve anunciar um novo treinador na próxima terça-feira.

JEC // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS