Rui Vitória confirma Gabriel e 'esconde' dupla de centrais para jogo com FC Porto

Rui Vitória confirma Gabriel e ‘esconde’ dupla de centrais para jogo com FC Porto

O treinador do Benfica, Rui Vitória, escondeu quem irá fazer dupla com Rúben Dias no encontro de domingo com o FC Porto, da sétima jornada da I Liga de futebol, confirmando a presença do médio Gabriel.

Ao contrário do que faz habitualmente, Rui Vitória, que falava na conferência de imprensa de antevisão do encontro, preferiu não divulgar nomes para o lugar central da defesa, que poderão ocupar o lugar deixado em aberto pela lesão de Jardel e pelo castigo de Conti.

“O Benfica terá de ser uma equipa rigorosa e ambiciosa, concentrada e que tem de ser muito competitiva. É um jogo importante do futebol português e temos de ser ambiciosos para interpretar os momentos do jogo, que naturalmente queremos ganhar. Sobre o jogador que vai ocupar o lugar de defesa-central não vou dizer. Temos dois ou três jogadores para ocupar o lugar, mas não vou falar sobre isso. Em relação a Gabriel, está apto”, afirmou.

Com os olhos postos na conquista dos três pontos, Rui Vitória reconhece que o FC Porto está diferente da época passada, na qual se sagrou campeão nacional, após o ‘tetra’ dos ‘encarnados’.

“Espero uma equipa que tem bons jogadores, que vai à procura de nos criar problemas na nossa profundidade nas costas. O Marega pela direita, o Soares na frente e à procura de bolas a entrar nas costas da nossa defesa. Tem uma construção, este ano, mais elaborada que nos anos anteriores, já com a intervenção de Casillas na construção do processo ofensivo, com Brahimi a vir para zonas interiores com bola controlada e a partir daí estar de frente para a baliza para procurar o golo ou situações de último passe. A defesa está a jogar ligeiramente mais subida, está determinada e convicta. Temos de ter a astúcia de saber como iremos aproveitar o espaço deixado”, confidenciou.

Para o treinador dos ‘encarnados’, o encontro com o FC Porto poderá não ter o rótulo de ‘decisivo’, uma vez que apenas está em disputa a conquista de três pontos, embora seja um adversário direto na luta pelo título de campeão nacional.

“Todos os jogos são vistos como finais e damos tudo em cada um deles, porque é esse o único que podemos controlar. Em 15 dias, faz-se um campeão ou um derrotado. Num minuto tudo se altera. Neste momento temos 13 jogos e uma derrota, com o Bayern de Munique. As vitórias são importantes. Ganhar, tem peso na motivação, mas não me atrevo a dizer, porque já tivemos as duas realidades. Os campeonatos não são todos iguais”, considerou.

O Benfica, terceiro classificado da I Liga, com 14 pontos, recebe este domingo, às 17:30, o FC Porto, segundo, com 15, em jogo da sétima jornada da I Liga.

CYP/TZF // VR

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Rui Vitória confirma Gabriel e ‘esconde’ dupla de centrais para jogo com FC Porto

O treinador do Benfica, Rui Vitória, escondeu quem irá fazer dupla com Rúben Dias no encontro de domingo com o FC Porto, da sétima jornada da I Liga de futebol, confirmando a presença do médio Gabriel.