Roma de Paulo Fonseca perde terreno para o terceiro lugar com derrota ante Torino

A Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, perdeu terreno para o terceiro lugar da liga italiana de futebol, ao perder por 2-0 na receção ao Torino, em jogo da 18.ª jornada.

Roma de Paulo Fonseca perde terreno para o terceiro lugar com derrota ante Torino

Roma de Paulo Fonseca perde terreno para o terceiro lugar com derrota ante Torino

A Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, perdeu terreno para o terceiro lugar da liga italiana de futebol, ao perder por 2-0 na receção ao Torino, em jogo da 18.ª jornada.

No Estádio Olímpico, os ‘giallorossi’ não conseguiram impor o favoritismo à partida para o encontro, que foi resolvido com dois tentos do avançado italiano Andrea Belotti, aos 45+2 e 86 minutos, o último apontado de penálti.

A formação do técnico luso viu, assim, a Lazio ‘fugir’ no terceiro posto e tem agora uma diferença de quatro pontos para o rival da capital italiana, numa tabela classificativa liderada de forma partilhada por Inter de Milão e Juventus, ambos com 42 pontos, e que só entram em campo na segunda-feira. O Torino ocupa o nono posto, com 24.

Um ‘bis’ do ponta de lança transalpino Ciro Immobile (42 e 90+1) – reforçou a liderança de melhores marcadores com 19 golos – garantiu a vitória da Lazio no terreno do Brescia, que jogou com menos um elemento desde o minuto 40, face à expulsão de Andrea Cistana, depois de Mario Balotelli ter adiantado os locais, aos 18, marcando pela segunda vez consecutiva o primeiro golo da década na Série A.

O desafio ficou marcado pelos insultos racistas dos adeptos visitantes dirigidos a Balotelli, situação que obrigou o árbitro a interromper o jogo durante alguns minutos, merecendo mais tarde um comentário nas redes sociais por parte do avançado italiano, classificando de “vergonha” o sucedido.

Num jogo em que a SPAL também ficou reduzida a 10 jogadores, quando Tomovic recebeu ordem de expulsão (39), o Verona, com Miguel Veloso a titular, já estava em vantagem desde o minuto 14, com um tento de Pazzini, tendo Stepinski fechado a contagem, aos 86.

A SPAL continua sem conseguir sair da zona de despromoção, mantendo-se no 20.º e último lugar, enquanto o Génova, colocou um ponto final numa série de nove jogos sem vencer na série A, depois do triunfo (2-1) na receção ao Sassuolo, 13.º, com 19.

AJC // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS