Ricardinho aponta ao triunfo na Polónia rumo ao Euro2022 de futsal

Ricardinho atribuiu hoje à “ansiedade” o empate 2-2 da seleção de futsal com a Polónia, porém, o ‘capitão’ acredita numa vitória na quarta-feira frente a este adversário em Lodz rumo ao Euro2022 dos Países Baixos.

Ricardinho aponta ao triunfo na Polónia rumo ao Euro2022 de futsal

Ricardinho aponta ao triunfo na Polónia rumo ao Euro2022 de futsal

Ricardinho atribuiu hoje à “ansiedade” o empate 2-2 da seleção de futsal com a Polónia, porém, o ‘capitão’ acredita numa vitória na quarta-feira frente a este adversário em Lodz rumo ao Euro2022 dos Países Baixos.

Ricardinho atribuiu hoje à “ansiedade” o empate 2-2 da seleção de futsal com a Polónia, porém, o ‘capitão’ acredita numa vitória na quarta-feira frente a este adversário em Lodz rumo ao Euro2022 dos Países Baixos.

“A ansiedade de ficar tanto tempo sem estar juntos e de repente poder voltar a competir sem jogos de preparação pode ter pesado. Eles foram mais eficazes. Nós agora queremos ser mais eficazes e queremos fazer um resultado positivo”, disse.

Em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o ‘capitão’ recordou que o desporto “dá sempre outra oportunidade”, pelo que promete que a seleção jogará na Polónia “para tentar conquistar os três pontos”.

O grupo 8, que inclui ainda a República Checa e a Noruega, apura somente o primeiro: os cinco melhores segundos classificados das oito ‘poules’ e os cinco terceiros com mais pontos vão disputar um ‘play-off’.

“Estamos no início… Sabemos da competência e da qualidade que temos. Hoje em dia os jogos são cada mais competitivos e mais difíceis de vencer, mas nós sabemos da nossa qualidade, do nosso trabalho e não é porque tropeçaste numa pedra que vais cair todos os dias”, serenou Ricardinho.

O experiente atleta, de 35 anos, assume, no entanto, que Portugal “tem de melhorar” e confia que a equipa passará na “liderança”.

“Queremos mostrar que somos os atuais campeões da Europa e obviamente queremos estar no Europeu”, vincou.

Após os desafios com a Polónia, seguem-se dois com a República Checa em março e outros tantos em abril com a Noruega, que atuará sempre como visitante, dadas as apertadas regras de circulação no país devido à covid-19.

A seleção lusa treinou esta manhã no Pavilhão dos Leões de Porto Salvo e, às 16:00, partiu para a Polónia, onde joga, na quarta-feira, pelas 15:00, horas de Lisboa, na arena de Lodz.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS