Querem roubar os recordes de Rosa Mota e Dionísio Castro

Querem roubar os recordes de Rosa Mota e Dionísio Castro

Uma proposta para “limpar” a lista de recordes na Europa será aprovada no próximo fim de semana no congresso da Associação Europeia de Atletismo.

Querem roubar os recordes de Rosa Mota e Dionísio Castro. Se for aprovada esta nova proposta, os recordes de Rosa Mota e Dionísio Castro estão em risco.

Esta proposta de limpar recordes mais antigos surge devido aos diversos casos de doping que têm surgido e que não foram  avaliados de forma correta na altura em que foram registados.

Solução radical

“É uma solução radical, é verdade, mas os amantes do atletismo estão cansados das dúvidas que pairam em torno dos recordes desde há muito tempo”, afirmou  Svein Arn Hansen, presidente da Associação Europeia de Atletismo.

No caso do atletismo português, o recorde dos 20 mil metros pista, de Rosa Mota, obtido a 14 de maio de 1983 e o recorde dos 20 mil metros pista de Dionísio Castro, a 31 de março de 1990, poderão deixar de constar na lista de recordes do mundo.

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS