Portugal-Andorra: Cristiano Ronaldo soma 100.ª vitória de ‘quinas’ ao peito

O capitão Cristiano Ronaldo conquistou hoje a sua 100.ª vitória na principal seleção portuguesa de futebol, ao 168.º encontro, na goleada por 7-0 sobre Andorra, numa particular realizado no Estádio da Luz, em Lisboa.

Portugal-Andorra: Cristiano Ronaldo soma 100.ª vitória de 'quinas' ao peito

Portugal-Andorra: Cristiano Ronaldo soma 100.ª vitória de ‘quinas’ ao peito

O capitão Cristiano Ronaldo conquistou hoje a sua 100.ª vitória na principal seleção portuguesa de futebol, ao 168.º encontro, na goleada por 7-0 sobre Andorra, numa particular realizado no Estádio da Luz, em Lisboa.

Após ter falhado este número ‘redondo’ na receção à Espanha (0-0) e em França (0-0), Ronaldo, que tinha estado ausente do 3-0 à Suécia por ter acusado positivo à covid-19, regressou com mais um registo ímpar ao serviço da formação das ‘quinas’.

Ao contrário do que é habitual, o jogador de 35 anos foi suplente, entrando apenas ao intervalo, mas ainda a tempo de marcar um golo, o 102.º pela seleção ‘AA’, aos 85 minutos, na sequência de uma assistência de Mário Rui.

O atual jogador da Juventus consegue este feito mais de 17 anos após a estreia, coroada com um triunfo por 1-0 sobre o Cazaquistão, num particular realizado em Chaves.

Poucos dias depois de assinar pelo Manchester united, após grande exibição na última vez que vestiu a camisola do Sporting, na inauguração do novo Estádio José Alvalade, Ronaldo então com 18 anos, foi chamado por Luiz Felipe Scolari.

O brasileiro acabou por lançá-lo ao intervalo, para o lugar do então ‘merengue’ Luís Figo, e o ‘miúdo’ estreou-se a ganhar, graças a um golo aos ‘trambolhões’, apontado aos 60 minutos, por Simão Sabrosa, também lançado para a segunda parte.

Foi o primeiro dos 100 triunfos de Cristiano Ronaldo ao serviço da seleção portuguesa de futebol, muitos dos quais decididos com os seus golos, que já são mais do que as vitórias, num total de 102, o derradeiro no jogo de hoje.

O Luxemburgo é, de forma destacada, o país face ao qual Cristiano Ronaldo colecionou mais vitórias, entre 2004 e 2019, num total oito, quatro em casa, três fora e uma em campo neutro, com golos em cinco dos jogos, incluindo nos últimos quatro.

No segundo posto, seguem cinco seleções, todas derrotadas por quatro vezes pelo capitão luso, entre eles o dos Países Baixos, batido sempre em fases finais.

Cristiano Ronaldo superou os holandeses nas meias-finais do Europeu de 2004, em Alvalade (2-1), nos ‘oitavos’ do Mundial de 2016, na ‘batalha’ de Nuremberga (1-0), na fase de grupos do Euro de 2012, em Kharkiv (2-1), onde ‘bisou’, e na final da Liga das Nações de 2019, no Dragão (1-0).

Rússia, Dinamarca, Hungria e Letónia completam o lote de países que o internacional luso derrotou por quatro vezes, numa tabela em que se seguem Croácia, Suécia, Lituânia, Arménia, Cazaquistão, Azerbaijão, Estónia e Andorra, seleções batidas por três vezes.

No total, Ronaldo contabiliza 42 vitórias em 50 jogos face a equipas que nunca estiveram num Mundial — e mais oito empates, estando invicto –, 31, em 58, frente a equipas que estiveram, 22, em 34, face a formações que atingiram a final de um Europeu ou Mundial, e cinco, em 26, perante os oito campeões mundiais.

Face a seleções campeões do Mundo, já venceu Espanha (dois triunfos, em seis jogos), Argentina (um, em dois), Brasil (um, em três) e França (um, em cinco), faltando-lhe Alemanha (quatro jogos), Inglaterra (três), Itália (dois) e Uruguai (um).

No total, Ronaldo bateu 53 diferentes países, 35 da Europa (UEFA), nove de África (CAF), quatro da Ásia (AFC), dois da América do Sul (CONMEBOL), dois da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF) e um da Oceânia (OFC).

A maioria das vitórias aconteceu em casa (47) – contra 30 em campo neutro e 23 fora – e enquanto representava o Real Madrid (54), contra 37 ao serviço do Manchester United e nove pela Juventus, na qual alinha desde 2018/19.

PFO // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS