Portimonense com mais dúvidas após mudança no comando técnico do Gil Vicente

O treinador do Portimonense admitiu hoje que a mudança no comando técnico do Gil Vicente deixou “mais dúvidas” sobre o adversário de sexta-feira, em Barcelos, no jogo de abertura da 12.ª jornada da I Liga de futebol.

Portimonense com mais dúvidas após mudança no comando técnico do Gil Vicente

Portimonense com mais dúvidas após mudança no comando técnico do Gil Vicente

O treinador do Portimonense admitiu hoje que a mudança no comando técnico do Gil Vicente deixou “mais dúvidas” sobre o adversário de sexta-feira, em Barcelos, no jogo de abertura da 12.ª jornada da I Liga de futebol.

“Pode deixar-nos mais algumas dúvidas, porque entra um elemento novo com as suas próprias ideias. Mas, no fundo, é mais um sinal para nós olharmos ainda mais para nós próprios”, comentou Paulo Sérgio sobre a saída de Ivo Vieira, substituído, para já, por Carlos Cunha, que orientava a equipa de sub-23 dos minhotos.

O treinador dos algarvios salientou, porém, que o Gil Vicente, 15.º classificado, com um registo de quatro derrotas seguidas na Liga, “é uma equipa boa, com bons elementos e praticamente o mesmo plantel que conseguiu um lugar ‘europeu’ na última temporada”.

“Não atravessa um momento exuberante em termos de conquista de pontos, mas noto que a qualidade está lá. Ainda na última jornada, sem garantir pontos, fez uma boa partida com o Sporting de Braga [derrota por 1-0]”, acrescentou.

Perante “um oponente difícil, na sua casa”, o Portimonense vai ter de “trabalhar muito para trazer algo de bom de Barcelos”, avisou Paulo Sérgio, que viu a sua equipa voltar aos pontos e aos golos, depois de quatro derrotas consecutivas (três na Liga), na receção da jornada anterior ao Estoril Praia (1-1).

“Cada jogo tem a sua história. Fomos superiores, procurámos a vitória do princípio ao fim, mas não fomos felizes, não fomos eficazes. Agora está para trás e temos de olhar para Gil Vicente, um jogo com outra história e um adversário com características próprias. É mais uma etapa nesta maratona que é o campeonato e vamos à procura de ser competentes e honrar a camisola que vestimos, com a ambição de sairmos felizes de Barcelos”, salientou.

O treinador do Portimonense destacou ainda, em relação à partida da semana passada, o regresso à titularidade dos avançados Anderson Oliveira e Welinton Júnior, depois de ausências por lesão.

“Foram ausências muito prolongadas da competição. Queremos que as coisas andem para a frente, e não para a frente e para trás. Temos de ter esse cuidado. Quero elogiar a sua prestação, porque depois de uma ausência tão prolongada conseguiram dar muito boa resposta”, concluiu.

O Gil Vicente, 15.º classificado, com nove pontos, recebe na sexta-feira o Portimonense, oitavo, com 16, em jogo marcado para o Estádio Cidade de Barcelos, às 20:15, com arbitragem de Artur Soares Dias (Associação de Futebol do Porto).

EYP // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS