Piqué tem que pagar 2,1 milhões de euros por fraude fiscal

O futebolista Gerard Piqué terá que pagar 2,1 milhões de euros ao fisco espanhol, depois de hoje ter sido confirmada a sua condenação por fraude nos direitos de imagem, revelou fonte judicial.

Piqué tem que pagar 2,1 milhões de euros por fraude fiscal

Piqué tem que pagar 2,1 milhões de euros por fraude fiscal

O futebolista Gerard Piqué terá que pagar 2,1 milhões de euros ao fisco espanhol, depois de hoje ter sido confirmada a sua condenação por fraude nos direitos de imagem, revelou fonte judicial.

O futebolista Gerard Piqué terá que pagar 2,1 milhões de euros ao fisco espanhol, depois de hoje ter sido confirmada a sua condenação por fraude nos direitos de imagem, revelou fonte judicial. O defesa central do FC Barcelona tinha recorrido da sentença do Tribunal Económico Administrativo Central, que o condenara ao pagamento de 1,5 milhões de euros por impostos em atraso, um montante acrescido de uma multa de 600.000 euros.

De acordo com a Audiência Nacional, que confirmou em 13 de maio a sentença, Piqué “simulou” a cedência de direitos de imagem à sociedade Kerard Project, com o objetivo de pagar menos impostos nos exercícios de 2008, 2009 e 2010.

“A omissão de declaração em Espanha dessas receitas foi, no mínimo, voluntária ou negligente”, sublinhou o acórdão da Audiência Nacional.

O futebolista, campeão mundial em 2010 e campeão europeu em 2012, pretende apresentar um último recurso no Supremo tribunal.

 

 

LEIA MAIS

Advogados de vários arguidos do ataque à Academia do Sporting pedem nulidade da prova

Previsão do tempo para quinta-feira, 11 de julho

Impala Instagram


RELACIONADOS