Petit apela à ambição para contrariar histórico com Sporting

O Boavista vai apresentar-se “com o pensamento nos três pontos” para contrariar uma sequência de 18 partidas sem vitórias face ao Sporting, no sábado, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol, apontou hoje o treinador Petit.

Petit apela à ambição para contrariar histórico com Sporting

Petit apela à ambição para contrariar histórico com Sporting

O Boavista vai apresentar-se “com o pensamento nos três pontos” para contrariar uma sequência de 18 partidas sem vitórias face ao Sporting, no sábado, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol, apontou hoje o treinador Petit.

“As expectativas são sempre boas, mas sabemos do grau de dificuldade deste jogo. O Sporting atravessa um bom momento e vem de quatro vitórias consecutivas e sem sofrer golos – duas para a Liga dos Campeões e duas no campeonato. Nós vimos de um triunfo bom em Arouca. Por isso, será um jogo bom e difícil contra um candidato ao título, cujos processos estão bem definidos pelo seu treinador. Estaremos bem preparados para dar uma boa resposta e lutar por três pontos”, frisou o técnico, em conferência de imprensa.

Com a reviravolta em Arouca (2-1), o clube do Bessa cimentou o quarto lugar na prova, apenas atrás de Benfica, Sporting de Braga e FC Porto, através de quatro êxitos e duas derrotas, para igualar o segundo melhor arranque pontual à sexta ronda no século XXI.

“Os 12 pontos que fizemos não nos dão margem. Cresci aqui como jogador e treinador e esta casa vive de ambição. É isso que vou tentando incutir no plantel e nas pessoas que trabalham comigo. Este clube tem uma grande história e adeptos que gostam sempre de vencer e muitas vezes têm dificuldade para pagar os bilhetes, mas querem apoiar-nos. A maior felicidade que lhes podemos dar é conseguir pontos, vitórias e estar onde estamos nesta altura na classificação, mas pensamos semana a semana e jogo a jogo”, assumiu.

Petit garantiu que o Boavista “encara os jogos sempre da mesma maneira”, apesar de já não bater o Sporting desde 2007/08 (2-0), averbando uma série vigente de 16 derrotas e dois empates, intercalada com a descida administrativa do clube aos escalões inferiores.

“Vai ser difícil para nós, mas também para o Sporting. As equipas também sabem que vir jogar ao Bessa é extremamente difícil, por mais que em termos estatísticos não se ganhe ao Sporting há 18 encontros. Estivemos a analisar isso e não é bom animicamente, mas os plantéis são outros e a ideia de jogo é diferente de treinador para treinador”, partilhou.

Indiferente ao momento para defrontar o Sporting, que derrotou na terça-feira os ingleses do Tottenham (2-0), na segunda ronda da Liga dos Campeões, o técnico das ‘panteras’ vaticinou que “os detalhes fazem a diferença” perante “sistemas táticos muito idênticos”.

“Os duelos vão ser importantes no jogo de pares e, depois, a qualidade dos atletas pode sobressair. Identificámos bem o Sporting, que pode vir com uma ou outra mudança, face àquilo que o Paulinho fez [entrou para desbloquear o marcador frente ao Tottenham] ou pelas oportunidades dadas a alguns jogadores na I Liga. Esperamos um Sporting muito igual à sua ideia e com muita qualidade, mas esperamos conseguir o objetivo”, analisou.

Petit continua privado de Miguel Reisinho e ainda aguarda pela alta médica do gambiano Yusupha, que recupera de uma fratura do malar sofrida na vitória sobre o Santa Clara (2-1), em 14 de agosto, na segunda ronda, mostrando-se “contente” pela projeção de cinco jogadores na iminente paragem do campeonato para os duelos das seleções nacionais.

Fruto “do trabalho realizado” nos ‘axadrezados’, Reggie Cannon (Estados Unidos), Gaius Makouta (Congo), Róbert Bozeník (Eslováquia), Kenji Gorré (Curaçau) e Martim Tavares (seleção portuguesa de sub-20) estarão ao serviço dos seus países na próxima semana.

O Boavista, quarto classificado, com 12 pontos, a seis do líder isolado Benfica, recebe o Sporting, sétimo, com 10, no sábado, às 20:30, no Estádio do Bessa, no Porto, em duelo da sétima jornada da I Liga, com arbitragem de João Pinheiro, da associação de Braga.

RYTF // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS