Pedro Ribeiro realça dificuldade em analisar Braga devido a mudança de treinador

O treinador do Belenenses SAD, Pedro Ribeiro, sublinhou hoje a dificuldade em analisar o Sporting de Braga, adversário na 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, devido à estreia de Rúben Amorim no comando técnico dos minhotos.

Pedro Ribeiro realça dificuldade em analisar Braga devido a mudança de treinador

Pedro Ribeiro realça dificuldade em analisar Braga devido a mudança de treinador

O treinador do Belenenses SAD, Pedro Ribeiro, sublinhou hoje a dificuldade em analisar o Sporting de Braga, adversário na 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, devido à estreia de Rúben Amorim no comando técnico dos minhotos.

Em conferência de imprensa de antevisão ao encontro, no Estádio Nacional, em Oeiras, Pedro Ribeiro elogiou a capacidade e as ideias de jogo do treinador que substituiu Ricardo Sá Pinto na formação bracarense, e disse esperar “um grande jogo, muito competitivo”.

“Quando há uma troca de treinador, torna-se muito mais difícil antever o que poderá acontecer. Conhecemos muito bem a equipa do Braga e as ideias do Rúben [Amorim], quer do Casa Pia, quer do Braga B, e preparámo-nos para todas as eventualidades. São mais as dúvidas do que as certezas. O Rúben já provou que tem boas ideias e as suas equipas jogam bem”, apontou.

As estatísticas recentes do confronto direto entre as duas equipas não abonam a favor do Belenenses SAD, mas Pedro Ribeiro mostrou-se determinado em continuar os bons resultados em casa, com duas vitórias (3-2 diante do Desportivo das Aves e 1-0 com o Paços de Ferreira) e um empate (1-1 com o FC Porto), nos últimos três duelos no Estádio Nacional.

“Será um confronto histórico entre duas grandes equipas do futebol português. Nos últimos 12 anos, só conseguimos vencer o Braga duas vezes em casa”, constatou, acrescentando: “O Jamor é um palco mítico, toda a gente quer jogar no Jamor e sentimo-nos em casa aqui. Com resultados positivos, melhor ainda. Queremos dar sequência a esse registo positivo”.

A falta de níveis de treinador de Rúben Amorim é “uma não questão” para Pedro Ribeiro, que realçou a competência “mais do que evidente” do ex-futebolista, e atirou como desejo para 2020 “continuar a trabalhar de forma alegre e motivada, manter a união e vontade de melhorar todos os dias e ganhar”.

O presidente do Belenenses SAD, Rui Pedro Soares, elogiou publicamente o trabalho de Pedro Ribeiro na rede social Twitter, com o técnico a aproveitar para agradecer a confiança, mas, sublinhou, o foco “tem de estar nos verdadeiros intervenientes, que são os jogadores”.

“Toda a gente gosta de ser elogiada, mas, sendo muito honesto, não estou focado em mim. Tenho as minhas ambições, mas o foco é ajudar os jogadores e o clube a atingir os seus objetivos”, disse.

O defesa central e capitão de equipa Gonçalo Silva e os laterais Diogo Calila e Nilton Varela estão em fase final de recuperação das respetivas lesões, mas continuam em dúvida para a receção aos ‘arsenalistas’. Já o central brasileiro Eduardo Kau enfrenta uma paragem prolongada, com regresso previsto apenas para abril.

O Belenenses SAD, 14.º classificado, com 15 pontos, recebe no sábado o Sporting de Braga, oitavo, com 18, no Estádio Nacional, em Oeiras.

DYRP // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS