Pedro Acosta sagra-se campeão do Moto3 ao vencer no Algarve

O espanhol Pedro Acosta (KTM) conquistou hoje o título de campeão do mundo de Moto3, ao vencer o Grande Prémio do Algarve de motociclismo de velocidade.

Pedro Acosta sagra-se campeão do Moto3 ao vencer no Algarve

Pedro Acosta sagra-se campeão do Moto3 ao vencer no Algarve

O espanhol Pedro Acosta (KTM) conquistou hoje o título de campeão do mundo de Moto3, ao vencer o Grande Prémio do Algarve de motociclismo de velocidade.

O espanhol Pedro Acosta (KTM) conquistou hoje o título de campeão do mundo de Moto3, ao vencer o Grande Prémio do Algarve de motociclismo de velocidade, em Portimão, beneficiando da queda do italiano Dennis Foggia (Honda). Acosta tornou-se no primeiro estreante a sagrar-se campeão da classe mais baixa desde o italiano Loris Capirossi em 1990, ao cumprir as 21 voltas ao Autódromo Internacional do Algarve (AIA) em 38.04,339 minutos, conseguindo a sexta vitória da temporada.

Com 17 anos e 166 dias, o espanhol é o segundo mais novo de sempre a sagrar-se campeão de todas as categorias, igualmente atrás de Capirossi. O espanhol, que sucedeu no historial de Moto3 ao compatriota Albert Arenas, assumiu a liderança da corrida algarvia na penúltima volta, ao ultrapassar o único rival que podia chegar ao título, o italiano Dennis Foggia (Honda), que sofreu uma queda devido a um toque na traseira da sua mota do sul-africano Darryn Binder (Honda), que foi desclassificado.

“Não sei o que dizer. Fiz a última volta a chorar. Tenho de agradecer a toda a gente que me apoiou, à equipa, aos patrocinadores, à minha família. A todos os que têm puxado por mim, todos os dias, a todos os que não estão visíveis, porque este campeonato é para eles”, afirmou Acosta, que, após 17 das 18 corridas do Mundial de Moto3, soma 259 pontos, mais 46 do que Foggia.

O italiano, que tentava relegar a disputa do título para a última prova, caiu na curva três do AIA depois de ter liderado durante grande parte da corrida, beneficiando de ter partido do quarto lugar da grelha, enquanto Acosta largou do 14.º posto.

Acosta passou várias vezes pela frente da corrida, mas, face à persistência de Foggia, só selou o triunfo na derradeira volta, após a queda do italiano, deixando o pódio completo com os italianos Andrea Migno (Honda) e Niccolò Antonelli (KTM), segundo e terceiro classificados, a 0,354 e 0,880 segundos do novo campeão do mundo, respetivamente. O campeonato do mundo de motociclismo de velocidade termina no próximo domingo, com o Grande Prémio da Comunidade Valenciana, em Valência.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS