Oliveira quer lutar pela vitória em Moto2, apesar do sétimo lugar na qualificação

Oliveira quer lutar pela vitória em Moto2, apesar do sétimo lugar na qualificação

O português Miguel Oliveira considerou hoje que o sétimo lugar da grelha, do qual vai partir no domingo para a corrida de Moto2, lhe “permite lutar pela vitória” no Grande Prémio (GP) da Malásia de motociclismo.

“A sessão correu bem. Fizemos uma boa volta logo no início, mas o resto da qualificação foi complicada. Perdemos alguma aderência, mesmo com pneus novos, mas o mais importante é que partimos da terceira linha e isso permite-nos lutar pela vitória na corrida”, sublinhou o piloto de Almada.

Miguel Oliveira estabeleceu o seu melhor tempo, de 2.06,617 minutos, logo à terceira das 11 tentativas de voltas rápidas que fez na qualificação de hoje, no circuito de Sepang.

O piloto da KTM revelou ainda, em declarações à Lusa, que o objetivo para este domingo passa por “fazer um bom arranque, forçar o ritmo desde o início e dar tudo para conseguir o melhor resultado possível”.

Miguel Oliveira considerou ainda que o seu “ritmo de corrida é bom” e que se sente “confortável com a mota”, mas, anda assim, irá fazer “uma pequena alteração” na afinação, de forma a tentar ganhar mais rapidez.

O piloto português parte para a corrida de domingo no sétimo lugar, imediatamente atrás do italiano Francesco Bagnaia (Kalex), líder do Mundial, com mais 36 pontos do que o português, que ocupa o segundo posto no campeonato.

Bagnaia pode sagrar-se campeão já este domingo se não perder mais do que 11 pontos para o adversário da KTM.

O espanhol Alex Márquez (Kalex), irmão do campeão de MotoGP Marc Márquez, arrebatou a ‘pole position’, com o tempo de 2.05,629 minutos, sendo 0,988 segundos mais rápido do que o piloto português.

O GP da Malásia é a 18.ª e penúltima corrida da temporada no Mundial de motociclismo de velocidade.

AGYR // RPC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Oliveira quer lutar pela vitória em Moto2, apesar do sétimo lugar na qualificação

O português Miguel Oliveira considerou hoje que o sétimo lugar da grelha, do qual vai partir no domingo para a corrida de Moto2, lhe “permite lutar pela vitória” no Grande Prémio (GP) da Malásia de motociclismo.