O estado da perna da jogadora do PSG após bárbaro ataque

O violento ataque que Keira Hamraoui sofreu no início do mês deixaram marcas bem visíveis nas pernas da atleta do PSG.

O estado da perna da jogadora do PSG após bárbaro ataque

O estado da perna da jogadora do PSG após bárbaro ataque

O violento ataque que Keira Hamraoui sofreu no início do mês deixaram marcas bem visíveis nas pernas da atleta do PSG.

Keira Hamraoui relatou ao diário L’Equipe o ataque que sofreu a 4 de novembro. As fotografias publicadas por este meio de comunicação social mostram uma enorme contusão na parte de trás da coxa, bem como um corte profundo acima do joelho. A própria jogadora conta que dois indivíduos apareceram com barras de ferro e começaram a gritar. “Abre a porta!!! Abre a porta”. Hamraoui explica que, já no chão, os assaltantes a começaram a bater-lhe nas pernas. “Tentei proteger-me com as minhas mãos tanto quanto pude”, disse.

Abidal pode estar envolvido no ataque

O estado da perna da jogadora do PSG após ataque bárbaro
Foto: Reprodução

Inicialmente, a futebolista internacional francesa Aminata Diallo, do Paris Saint-Germain, esteve detida durante 36 horas para interrogatório, por suspeita de ter contratado dois homens para atacarem Kheira Hamraoui, colega de equipa e de seleção, anunciou o clube parisiense. Mas acabaou por sair em liberdade sem qualquer acusação. Agora, de acordo com o mesmo jornal, a agressão deveu-se a razões pessoais e não desportivas – a polícia francesa terá intercetado chamadas telefónicas recebidas por Hamraoui dias antes do ataque. Algumas delas terão sido feitas por um alegado ex-namorado, com quem teve uma relação durante três anos, quando ainda jogava no Barcelona. Este ter-lhe-á prometido vingança. Não é nada mais nem menos do que Eric Abidal. Consagrado internacional francês e antigo jogador (e diretor) do Barcelona.

Segundo a publicação, o antigo defesa, que manteve uma relação com Hamraoui entre 2018 e 2020, pode estar envolvido no ataque, juntamente com a mulher. Os investigadores concluíram que o cartão do telemóvel da jogadora está no nome de Abidal. Fonte do Ministério Público francês disse ao jornal que “serão ouvidos brevemente” e o Le Monde garante que, durante as agressões, os dois homens terão perguntado “agora andamos a dormir com homens casados?”, frase que ambas as atletas referiram nos interrogatórios.

“A Hayet [mulher de Abidal] não tem nada que ver com isto. Por isso pedimos que nos ouvissem, estamos à espera de uma intimação, não sabemos quando chegará nem por quem a minha cliente poderá ser ouvida, se pelo juiz de instrução, pela polícia espanhola ou pelos investigadores em França”, disse a advogada.

Impala Instagram


RELACIONADOS