Nélson Semedo e William titulares no regresso de Portugal ao Stade de France

Os regressos de Nelson Semedo e William Carvalho são as principais novidades no ‘onze’ que Portugal vai hoje apresentar frente à França, em jogo do Grupo 3 da terceira jornada da Liga das Nações de futebol.

Nélson Semedo e William titulares no regresso de Portugal ao Stade de France

Nélson Semedo e William titulares no regresso de Portugal ao Stade de France

Os regressos de Nelson Semedo e William Carvalho são as principais novidades no ‘onze’ que Portugal vai hoje apresentar frente à França, em jogo do Grupo 3 da terceira jornada da Liga das Nações de futebol.

No regresso ao Stade de France, quatro anos depois da conquista do Europeu, o selecionador Fernando Santos, como já seria de esperar, operou uma verdadeira ‘revolução’ na equipa inicial em relação ao particular de quarta-feira com a Espanha (0-0).

Semedo, que também já tinha falhado por opção o duelo em setembro na Suécia (2-0), para a Liga das Nações, regressa ao lado direito da defesa, setor em que também estará Rúben Dias, poupado perante os espanhóis.

Por seu lado, William, que esteve ausente na janela de jogos do último mês devido a problemas físicos, ocupa no meio campo o lugar de João Moutinho, titular nos dois últimos encontros da seleção lusa.

Ao seu lado, o jogador do Betis vai ter Danilo, Bruno Fernandes e também Bernardo Silva, que tinham ficado igualmente de fora na última quarta-feira.

Desta forma, Rui Patrício, que regressa à titularidade em jogos oficiais, terá à sua frente um quarteto defensivo composto por Nélson Semedo na direita, Rúben Dias e Pepe no meio e Raphaël Guerreiro na esquerda.

No centro, Danilo será a unidade mais recuada, atrás de William, Bruno Fernandes e Bernardo Silva, enquanto na frente estarão Cristiano Ronaldo e João Félix, que parece ter vencido a luta pelo lugar de ‘companheiro’ do capitão português no ataque.

Quatro anos depois do triunfo no Euro2016 (1-0), Portugal volta ao Stade de France, nos arredores de Paris, com seis jogadores que fizeram parte dessa equipa: Rui Patrício, Pepe, Raphaël Guerreiro, Danilo, William Carvalho e Cristiano Ronaldo, que, apesar de ter 101 golos pela seleção nacional, nunca marcou à França.

Quanto à formação gaulesa, campeã mundial em título, destaque para a presença de Mbappé, a atual grande figura desta seleção, que estará na frente com a companhia de Griezmann e Giroud, num ataque de ‘peso’.

Em quatro anos, o selecionador Didier Deschamps operou mais alterações à sua equipa e apenas apresenta quatro repetentes da final do Euro2016: o guarda-redes e ‘capitão’ Lloris, Pogba, Griezmann e Giroud.

Em quatro encontros oficiais, Portugal soma apenas um triunfo, na final do Euro2016 (1-0), mas antes a França tinha sempre eliminado a seleção nacional nas meias-finais de grandes competições, no Euro84, no Euro2000 e no Mundial2016.

Fernando Santos vai tornar-se o selecionador com mais jogos de sempre por Portugal (75), ultrapassando o brasileiro Scolari (orientou a equipa lusa entre 12 de fevereiro de 2003 e 19 de junho de 2008), precisamente no mesmo estádio e no mesmo dia em que há seis anos fez a sua estreia.

O França-Portugal está agendado para as 20:45 locais (19:45 em Lisboa) e terá arbitragem do espanhol Carlos Del Cerro Grande.

LG // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS