Nadal torna-se o tenista com mais tempo de permanência no ‘top 10’ do ‘ranking’

O espanhol Rafael Nadal, de 34 anos, tornou-se hoje o tenista com mais tempo de permanência no ‘top 10’ da hierarquia do ténis mundial, no qual figura há 790 semanas, ultrapassando o norte-americano Jimmy Connors.

Nadal torna-se o tenista com mais tempo de permanência no 'top 10' do 'ranking'

Nadal torna-se o tenista com mais tempo de permanência no ‘top 10’ do ‘ranking’

O espanhol Rafael Nadal, de 34 anos, tornou-se hoje o tenista com mais tempo de permanência no ‘top 10’ da hierarquia do ténis mundial, no qual figura há 790 semanas, ultrapassando o norte-americano Jimmy Connors.

Nadal, atual segundo classificado do ‘ranking’ ATP, atrás do sérvio Novak Djokovic, está no ‘top 10’ ininterruptamente desde 25 de abril de 2005.

O tenista espanhol, que há pouco mais de um mês conquistou o seu 13.º título de Roland Garros e o 20.º em torneios do ‘Grand Slam’, ultrapassou Jimmy Connors, que esteve 789 semanas nos 10 primeiros da hierarquia, entre janeiro de 1973 e setembro de 1988.

Na terceira posição surge o suíço Roger Federer, que soma 734 semanas entre os 10 melhores do ténis mundial, seguido do checo Ivan Lendl, que acumulou 619 semanas e ocupa a quarta posição.

Federer, que atualmente ocupa o quinto lugar da hierarquia, esteve no ‘top 10’ entre 14 de outubro de 2002 e 31 de outubro de 2016.

Depois de duas cirurgias ao joelho, o suíço voltou ao ‘top’ em 30 de janeiro de 2017, depois de ter vencido o Open da Austrália.

AO // AMG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS