Mundial2022: Renato Sanches e Danilo em onze sem Bruno Fernandes e Palhinha

As presenças de Renato Sanches e Danilo e as ausências de Bruno Fernandes e Palhinha destacam-se no ‘onze’ de Portugal para o decisivo encontro de hoje com a Sérvia, do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial2022.

Mundial2022: Renato Sanches e Danilo em onze sem Bruno Fernandes e Palhinha

Mundial2022: Renato Sanches e Danilo em onze sem Bruno Fernandes e Palhinha

As presenças de Renato Sanches e Danilo e as ausências de Bruno Fernandes e Palhinha destacam-se no ‘onze’ de Portugal para o decisivo encontro de hoje com a Sérvia, do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial2022.

As presenças de Renato Sanches e Danilo e as ausências de Bruno Fernandes e Palhinha destacam-se no ‘onze’ de Portugal para o decisivo encontro de hoje com a Sérvia, do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial2022. Renato Sanches cumpre apenas o segundo jogo a titular na qualificação, repetindo o Luxemburgo, enquanto Danilo também está no ‘onze’ pela segunda vez no meio-campo, como tinha acontecido na Sérvia. Na Irlanda, foi central. As entradas de Renato Sanches e Danilo ‘atiraram’ para o banco Bruno Fernandes, que tinha sido titular em cinco jogos, e Palhinha, incluído no ‘onze’ nos derradeiros quatro jogos de qualificação.

Em relação ao jogo de quinta-feira, em Dublin, são oito as alterações, com Fernando Santos a manter apenas o guarda-redes Rui Patrício, Danilo, que passa do centro da defesa para o meio-campo, e o ‘capitão’ Cristiano Ronaldo. Com o guardião Rui Patrício a manter-se na baliza, os defesas João Cancelo, Rúben Dias, José Fonte e Nuno Mendes entram para os lugares de Nélson Semedo, Danilo, Pepe (castigado) e Diogo Dalot, enquanto, no meio-campo, e além do jogador do Paris Saint-Germain, a escolha recaiu em Renato Sanches e João Moutinho, por troca com Matheus Nunes e Bruno Fernandes.

No ataque, Bernardo Silva, ausente na capital irlandesa, devido a problemas físicos, e Diogo Jota ocupam os lugares de Gonçalo Guedes e André Silva, juntando-se a Ronaldo. Fora da ficha de jogo de 23 jogadores, ficou, por opção, o médio Matheus Nunes, que tinha sido lançado de início com República da Irlanda.

Por sua vez, o conjunto dos Balcãs vai iniciar o encontro no Estádio da Luz com Rajkovic, Milenkovic, Vejkovic, Pavlovic, Gudelj, Lukic, Milinkovic-Savic, Zivkovic, Kostic, Tadic e Vlahovic, enquanto Aleksandr Mitrovic começa no banco, tal como o portista Grujic e o benfiquista Radonjic.

Portugal e Sérvia jogam a partir das 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, no derradeiro e decisivo encontro do Grupo A, que será dirigido pelo árbitro italiano Daniele Orsato. Após o empate na República da Irlanda, Portugal assumiu a liderança do grupo, com 17 pontos, em igualdade com os sérvios, mas com vantagem na diferença de golos (16-4 contra 16-8), pelo que basta à equipa das ‘quinas’ pontuar para ‘carimbar’ a qualificação para o próximo Campeonato do Mundo, no Qatar.

Por outro lado, em caso de derrota frente à Sérvia, a seleção nacional ficará no segundo posto do grupo e terá de disputar os ‘play-offs’ de acesso à fase final. Portugueses e sérvios são os únicos conjuntos do Grupo A ainda com possibilidades de assegurar um lugar no próximo Mundial — seja por apuramento direto ou por via dos ‘play-offs’ -, tendo em conta que Luxemburgo (nove pontos), República da Irlanda (seis) e Azerbaijão (um) já estão matematicamente afastados.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS