Mundial2022: Queiroz diz que jogo com Inglaterra é “o sonho de uma vida” para o Irão

O selecionador do Irão, o português Carlos Queiroz, afirmou hoje que vários futebolistas iranianos vão concretizar “o sonho de uma vida” na partida com Inglaterra, no Mundial2022, uma vez que vão defrontar jogadores que “veem habitualmente na televisão”.

Mundial2022: Queiroz diz que jogo com Inglaterra é

Mundial2022: Queiroz diz que jogo com Inglaterra é “o sonho de uma vida” para o Irão

O selecionador do Irão, o português Carlos Queiroz, afirmou hoje que vários futebolistas iranianos vão concretizar “o sonho de uma vida” na partida com Inglaterra, no Mundial2022, uma vez que vão defrontar jogadores que “veem habitualmente na televisão”.

“É o jogo mais importante das nossas vidas, porque é o próximo. Para nós, sobretudo para os jogadores, é o sonho de uma vida. Desde pequenos que veem jogos do campeonato inglês e agora têm a oportunidade de defrontar aqueles jogadores que veem na televisão”, afirmou o técnico, na antevisão da partida de estreia no Campeonato do Mundo, agendada para segunda-feira.

Carlos Queiroz, que falava no Centro Nacional de Congressos do Qatar, local em que serão realizadas todas as conferências de imprensa de antevisão de todos os jogos, confessou que a partida do Grupo B, que integra também Estados Unidos e País de Gales, será igualmente uma “oportunidade única” para ele próprio, uma vez que nunca defrontou a seleção inglesa na carreira.

“É uma oportunidade única para mim também, porque tenho mais de 200 jogos internacionais por seleções, mas é a primeira vez que vou jogar contra Inglaterra. Esperamos proporcionar um grande jogo de futebol e, depois, tentar alcançar o melhor resultado possível”, disse.

Na quarta participação num Campeonato Mundo, a terceira consecutiva ao comando do Irão, Queiroz vai estrear-se diante daquela que considerou ser “uma das 10 melhores seleções do mundo” e uma “séria candidata a conquistar uma medalha ou até mesmo a ser campeã do mundo”.

“Têm imenso talento na equipa, um selecionador que conhece muito bem os jogadores, conseguiu chegar às meias-finais do último Mundial. Temos de saber o que fazer durante o jogo, jogar com ambição. Essa será a mentalidade para o jogo com Inglaterra, mas também diante das outras equipas”, salientou.

Por outro lado, o técnico, que em 2002/03 e entre 2004 e 2007 foi adjunto de Alex Ferguson no Manchester United, destacou a “atitude fantástica” dos jogadores ingleses, que “adoram jogar o jogo” e “não são obcecados pela posse de bola, como acontece em Espanha ou Portugal”.

“Mesmo tendo menos posse de bola, criam muitas oportunidades de golo. Estão sempre preparados para jogar, com o objetivo de marcar golos”, realçou Queiroz, que, além do Irão, também orientou Portugal, no Mundial2010, na África do Sul.

O encontro entre o Irão e Inglaterra está marcado para segunda-feira, às 13:00 locais (10:00 em Lisboa), no Estádio Internacional Khalifa, em Doha.

Esta é a sexta participação da seleção iraniana num Mundial, depois de 1978, 1998, 2006, 2014 e 2018, sendo que em nenhuma delas passou da fase de grupos.

MO/AJC // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS