Mundiais de badminton de Huelva no final de 2021 para não colidirem com Jogos Olímpicos

Os Mundiais de badminton de 2021 vão decorrer em Huelva, em Espanha, de 29 de novembro a 05 de dezembro, mais tarde do que habitual devido aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, foi hoje anunciada pela federação internacional (BWF).

Mundiais de badminton de Huelva no final de 2021 para não colidirem com Jogos Olímpicos

Mundiais de badminton de Huelva no final de 2021 para não colidirem com Jogos Olímpicos

Os Mundiais de badminton de 2021 vão decorrer em Huelva, em Espanha, de 29 de novembro a 05 de dezembro, mais tarde do que habitual devido aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, foi hoje anunciada pela federação internacional (BWF).

Estas datas, ainda de acordo com a federação espanhola (FESBA), permitirão que a prova “brilhe com a sua própria luz no que será um calendário desportivo de 2021 altamente competitivo” e no qual os jogadores terão um objetivo duplo, os Jogos e os Mundiais.

O presidente da BWF, Poul-Erik Høyer, manifestou-se confiante de que o evento de Huelva “será um sucesso” e o atraso nas datas “irá permitir que o torneio olímpico e os Mundiais sejam realizados com igualdade de oportunidades para todos”.

O presidente da FESBA, David Cabello, afirmou que pretende que os Mundiais de 2021 em Huelva, cidade natal de Carolina Marín, campeã olímpica, mundial e líder do ‘ranking’, “sejam um momento especial para o badminton em Espanha e no mundo”.

Os Mundiais de 2020, inicialmente agendados para o período de 15 a 23 de agosto, em Aarhus, foram adiados para decorrer entre 02 e 11 de setembro, uma vez que o governo dinamarquês proibiu a realização de eventos com mais de 500 pessoas até 01 de setembro.

APS // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS