Miguel Oliveira parte da quinta posição no Grande Prémio da Tailândia

O português Miguel Oliveira (KTM) garantiu hoje uma das melhores qualificações da temporada, ao assegurar o quinto posto da grelha de partida do Grande Prémio da Tailândia de Moto2, 15.ª prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

Miguel Oliveira parte da quinta posição no Grande Prémio da Tailândia

Miguel Oliveira parte da quinta posição no Grande Prémio da Tailândia

O português Miguel Oliveira (KTM) garantiu hoje uma das melhores qualificações da temporada, ao assegurar o quinto posto da grelha de partida do Grande Prémio da Tailândia de Moto2, 15.ª prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

Depois de ter sido segundo na Áustria e quarto no Qatar e na República Checa, o piloto da KTM mostrou uma boa adaptação ao traçado de Chang, em Buriram, que se estreia no calendário, e bateu inclusivamente o líder do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex), que partirá ao seu lado, da sexta posição.

O português foi, durante grande parte da sessão, o terceiro mais rápido, tendo sido relegado para a segunda linha da grelha já nos derradeiros minutos, quando vários pilotos melhoraram os seus registos. Com o tempo de 1.36,529 minutos, o piloto de Almada ficou a apenas dois milésimos de segundo do quarto posto e a 155 do autor da ‘pole’, o italiano Lorenzo Baldassarri.

O espanhol Alex Márquez e o italiano Luca Marin completam a primeira fila na corrida de domingo, enquanto o também italiano Mattisa Pasini vai largar da quarta posição, ao lado de Miguel Oliveira, que não partia da segunda linha desde o GP da República Checa, resultado que, na altura, lhe valeu a vitória.

O Grande Prémio da Tailândia de Moto2 é a 15.ª das 19 provas da temporada. O português ocupa, atualmente, a segunda posição no campeonato, a 19 pontos de Francesco Bagnaia.

Já em MotoGP, o espanhol Marc Márquez (Honda), campeão em títuloi e líder do Mundial, partirá da ‘pole position’, com os italianos Valentino Rossi (Yamaha) e Andrea Dovizioso (Ducati) nos lugares seguintes.

De fora ficou o espanhol Jorge Lorenzo (Ducati), depois da queda sofrida na sexta-feira, nos treinos livres.

AGYR // PA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS