Miguel Oliveira “desapontado” com 14.º lugar na qualificação para Valência

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) mostrou-se hoje “desapontado” com o 14.º lugar conseguido na qualificação para o Grande Prémio da Comunidade Valenciana de MotoGP, última prova da temporada.

Miguel Oliveira

Miguel Oliveira “desapontado” com 14.º lugar na qualificação para Valência

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) mostrou-se hoje “desapontado” com o 14.º lugar conseguido na qualificação para o Grande Prémio da Comunidade Valenciana de MotoGP, última prova da temporada.

O piloto luso mostrou-se desolado, sobretudo porque o resultado da qualificação seguiu-se ao melhor tempo conseguido na quarta sessão de treinos livres, onde os pilotos testam o ritmo de corrida.

“Fiquei desapontado. Quando se faz um quarto treino livre com o melhor ritmo de corrida e depois se fica curto na qualificação é sempre frustrante, mas esta temporada tem sido assim”, começou por dizer o piloto natural de Almada, citado pela assessoria de imprensa da KTM.

Miguel Oliveira está, no entanto, “ansioso” pela corrida de domingo, “a última” da temporada, onde acredita que “o arranque e as duas primeiras voltas” serão determinantes para o desfecho, mas onde “é um pouco inútil sair com grande ritmo de 14.º”.

“Consegui o ritmo no FP4 sozinho, sem ninguém à frente. Quando isso acontece, as coisas correm sempre bem. Com os cones de ar e o sobreaquecimento dos pneus, tenho sempre um pouco mais de dificuldade. Mas vou procurar maximizar os meus recursos para que possa terminar a corrida numa boa posição”, disse ainda o piloto luso.

Miguel Oliveira explicou que a prestação de hoje foi um pouco o resumo da época.

“Faltam-me as coisas certas no momento certo, como tem acontecido várias vezes ao longo desta temporada. Temos sempre bastante potencial, mas falta sempre qualquer coisa numa volta. Não tenho muito mais a dizer”, lamentou, garantindo estar “de consciência tranquila”.

 

AGYR // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS