Mbappé agradece ao líder do Real Madrid e quer “continuar a crescer” em Paris

O futebolista internacional francês Kylian Mbappé agradeceu hoje ao presidente do Real Madrid, clube com que rejeitou assinar para renovar com o Paris Saint-Germain até 2025, querendo “continuar a crescer” na capital de França.

Mbappé agradece ao líder do Real Madrid e quer

Mbappé agradece ao líder do Real Madrid e quer “continuar a crescer” em Paris

O futebolista internacional francês Kylian Mbappé agradeceu hoje ao presidente do Real Madrid, clube com que rejeitou assinar para renovar com o Paris Saint-Germain até 2025, querendo “continuar a crescer” na capital de França.

Numa mensagem publicada hoje na rede social Twitter, o avançado de 23 anos admitiu que “imagina a desilusão” em Madrid, mas agradeceu a Florentino Pérez e garantiu que será “o primeiro adepto a torcer na final da Liga dos Campeões”, que se disputa precisamente em Paris, no próximo sábado, contra o Liverpool.

O ‘astro’ gaulês falará em conferência de imprensa na segunda-feira, dois dias depois de marcar um ‘hat-trick’ no dia em que anunciou a renovação, em pleno Parque dos Príncipes, frente ao Metz (5-0).

“Estou muito feliz por poder continuar a evoluir em França, o país que me viu nascer, crescer e florescer, e que me dá a oportunidade de continuar a perseguir os meus sonhos”, escreveu.

A renovação do avançado já gerou ondas de indignação na imprensa espanhola e nas próprias instituições, com a Liga espanhola de futebol a anunciar que vai denunciar o ‘PSG’ à UEFA e às instâncias competentes da União Europeia, por uma renovação que veem como ameaça ao “ecossistema económico do futebol europeu”.

No sábado, Mbappé colocou um ponto final na possibilidade de assinar pelo Real Madrid, ao prolongar o vínculo, que terminava esta época, num contrato cujos valores não são oficiais, mas ao que tudo indica elevará substancialmente a fasquia financeira.

De acordo com a imprensa, o avançado receberá de prémio cerca de 300 milhões de euros, e um salário anual líquido a rondar os 100 milhões.

Segundo o organismo liderado por Javier Tebas, é “escandaloso que um clube como o ‘PSG’, que na última temporada perdeu mais de 220 milhões de euros e acumulou prejuízo de 700 milhões” ao longo das épocas, possa “fazer frente a um acordo destas características”.

“Estou muito feliz por ficar em França, em Paris, a minha cidade. Espero continuar a fazer o que mais amo fazer, que é jogar futebol e ganhar títulos”, descreveu o ‘astro’ gaulês, colega dos portugueses Danilo Pereira e Nuno Mendes nos parisienses, na cerimónia no centro do Parque dos Príncipes, no sábado, antes da goleada ao Metz.

SIF (RPM) // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS