Málaga anuncia que vai agir judicialmente no caso Ricardo Horta

Transferência de Ricardo Horta para a Luz não se concretizou e o Málaga não cala a revolta. “Temos uma série de direitos”.

Málaga anuncia que vai agir judicialmente no caso Ricardo Horta

Málaga anuncia que vai agir judicialmente no caso Ricardo Horta

Transferência de Ricardo Horta para a Luz não se concretizou e o Málaga não cala a revolta. “Temos uma série de direitos”.

Apesar de o mercado de transferências já ter encerrado, a novela em torno da transferência de Ricardo Horta para o Benfica continua. Nesta segunda-feira, responsáveis do Málaga comunicaram, em conferência de imprensa, que vão agir judicialmente contra o  Sporting de Braga. “A questão é muito simples. O Málaga tem um contrato com o Sporting de Braga de quando o jogador foi transferido e isso tem de ser cumprido. O Málaga não impediu nenhuma operação. É tão simples quanto se o quisessem vender ao Benfica, poderiam tê-lo feito. Recebemos a visita dos representantes do jogador. Estamos a recolher informações, e a partir daí vamos agir. O contrato diz muito claramente que se chegar uma oferta e não for aceite, temos uma série de direitos”, apontou José María Muñoz, administrador judicial dos espanhóis.

Benfica teve duas propostas rejeitas por António Salvador, diz Málaga

O responsável revelou ainda que houve duas propostas do Benfica rejeitadas e que o Sporting de Braga nunca fez uma oferta escrita pela percentagem que está na posse dos andaluzes. “Só tivemos a visita de um advogado de Braga e depois dos representantes do Ricardo Horta. Nunca tivemos uma oferta escrita, tudo foi de boca em boca, por telefonemas, talvez demasiados”, referiu, revelando também que o valor proposto ao Málaga neste dossiê do Benfica foi de três milhões de euros. Ainda sem poder detalhar ao certo qual será o passo seguinte, até porque ainda está em fase de colher informações, José María Muñoz adiantou que, à partida, será feita uma reclamação para as instâncias competentes. “Até receber a oferta final , não sei quanto podemos reclamar . É minha obrigação como administrador judicial fazer essa reclamação para o bem do clube”, frisou.

Impala Instagram


RELACIONADOS