“Logo à sexta jornada traçámos o objetivo do quinto lugar” – Ricardo Soares

O técnico do Gil Vicente, Ricardo Soares, confidenciou hoje que o objetivo de garantir o quinto lugar na I Liga portuguesa de futebol foi traçado, internamente, desde a sexta jornada, mostrando-se convicto que a meta será atingida.

“Logo à sexta jornada traçámos o objetivo do quinto lugar” – Ricardo Soares

O técnico do Gil Vicente, Ricardo Soares, confidenciou hoje que o objetivo de garantir o quinto lugar na I Liga portuguesa de futebol foi traçado, internamente, desde a sexta jornada, mostrando-se convicto que a meta será atingida.

Para ‘carimbar’ essa posição, o conjunto barcelense terá este domingo de pontuar na receção ao Tondela, na 33.ª jornada do campeonato, numa partida em que treinador apela à presença dos adeptos para testemunhar “um momento histórico no clube”.

“Posso confidenciar que logo à sexta, ou sétima, jornada traçámos, internamente, como objetivo lutar pelo quinto lugar. Percebi que tínhamos uma força extrema, de uma família que se dava bem e se respeitava, que tinha ambição para lutar por algo transcendente e ficar na história. É um orgulho termos essa possibilidade a duas jornadas do fim”, revelou Ricardo Soares.

O técnico, que devido a castigo não poderá estar no banco para assistir junto à relvado a hipótese de a equipa atingir esse feito, já este domingo, espera um “jogo competitivo” frente aos tondelenses, garantindo a equipa “focada para fechar as contas” de uma classificação que pode levar o Gil Vicente a uma inédita participação nas competições da UEFA, na próxima época.

“A minha equipa está preparada para as dificuldades, e cabe-nos ultrapassá-las mantendo o nosso processo de jogo. Vejo os jogadores com um foco grande nas suas tarefas. Sei que a equipa vai deixar a pele em campo. Se temos a possibilidade fechar esse objetivo, queremos consegui-lo perante os nossos adeptos”, afirmou Ricardo Soares.

Sobre o Tondela, que nesta partida vai tentar garantir um resultado que lhe permita manter ‘vivo’ nas contas da manutenção, o treinador do Gil Vicente falou de um conjunto “com qualidade, que provavelmente não deveria estar na atual posição [16.º]”.

Sobre a prestação da equipa ao longo da temporada, Ricardo Soares “mostrou-se orgulhoso pela forma inexcedível como os jogadores trabalharam”, vendo com naturalidade o interesse de clubes de maior dimensão em vários elementos do seu plantel.

“Temos muitos jovens com qualidade, que espero que não fiquem por aqui. Não me custa afirmar que excederam, para muito melhor, o que eu previa. E ainda têm margem para serem melhores. Sei que muitos deles vão fazer carreiras incríveis”, disse o treinador gilista.

O técnico também se mostrou realizado por ter contribuído para o Gil Vicente “ter conseguido o objetivo coletivo de sustentar o clube na I Liga e lutar por algo mais”, além de “ajudar os jogadores, indicando-lhes caminhos para se tornarem melhores”.

Para o jogo frente ao Tondela, o emblema barcelense tem o grupo praticamente na máxima força para este desafio, sendo o único ausente o avançado Murilo Sousa, que recupera de lesão.

O Gil Vicente, quinto classificado com 48 pontos, recebe este domingo o Tondela, 16.º com 26, numa partida agendada para as 15:30, que terá arbitragem de Hugo Miguel, da Associação de futebol de Lisboa.

JPYG // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS