Liverpool consegue primeira vitória com goelada histórica

O Liverpool conseguiu hoje a primeira vitória na edição 2022/23 da Liga inglesa de futebol, ao vencer o Bournemouth por 9-0, em jogo da quarta jornada, e igualou Manchester United e Leicester nas maiores goleadas da prova.

Liverpool consegue primeira vitória com goelada histórica

Liverpool consegue primeira vitória com goelada histórica

O Liverpool conseguiu hoje a primeira vitória na edição 2022/23 da Liga inglesa de futebol, ao vencer o Bournemouth por 9-0, em jogo da quarta jornada, e igualou Manchester United e Leicester nas maiores goleadas da prova.

Depois de dois empates e uma derrota, a equipa orientada por Jurgen Klopp fez história ao conseguir pela primeira vez na marcar cinco golos durante os primeiros 45 minutos de jogo e juntou-se às equipas com triunfos mais volumosos na Premier League.

Em 1995, o Manchester United goleou o Ipswich, por 9-0, e em 2021 impôs-se pelo mesmo resultado ao Southampton, que em 2019 já tinha perdido com o Leicester por igual resultado.

O colombiano Luis Díaz abriu e fechou a contagem com golos aos três e aos 85 minutos, num jogo em que o português Fábio Carvalho marcou aos 80.

O avançado brasileiro Roberto Firmino também ‘bisou’ ao apontar o quarto e o penúltimo golo da formação da casa, aos 31 e 63 minutos, mas esteve envolvido noutros três golos dos ‘reds’.

Firmino esteve nos lances em que Díaz inaugurou o marcador, e nos que permitiram a Harvey Elliott (28) e Trent Alexander-Arnold (31), colocar o resultado em 4-0.

Ainda antes do intervalo, Virgil van Dijk ampliou a vantagem (45), e logo no retomar da partida, um autogolo de Chris Mepham (46), fez o 6-0.

O bicampeão Manchester City viveu uma tarde complicada, chegando ao intervalo da visita ao Crystal Palace a perder por 2-0, mas deu a volta, vencendo a partida por 4-2, com um golo de Bernardo Silva, que tal como João Cancelo foi titular, e um ‘hat-trick’ de Haaland, e mantém-se no topo da tabela, com 10 pontos, os mesmos que o Brighton, que venceu o Leeds, por 1-0.

Um autogolo de John Stones (4) e um tento de Joachim Andersen (21) colocaram o Crystal Palace em vantagem, que começou a ser ‘desfeita’ aos 53 minutos, por Bernardo Silva, e ‘fechou’ com três golos do norueguês (62, 70 e 81).

O Chelsea, a jogar com 10 desde os 28 minutos, devido à expulsão de Conor Gallagher, venceu o Leicester por 2-1, com um ‘bis’ de Sterling (47 e 63), tendo Barnes (67) marcado para os visitantes.

O Everton continua sem vencer na presente edição da prova, tendo empatado a um golo na casa do Brentford.

AO // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS