Lionel Messi bate recorde de Gerd Müller, com oitavo título de melhor marcador

O argentino Lionel Messi, jogador do FC Barcelona, conquistou hoje pela oitava vez o título de melhor marcador da Liga espanhola de futebol, um feito inédito nos cinco principais campeonatos.

Lionel Messi bate recorde de Gerd Müller, com oitavo título de melhor marcador

Lionel Messi bate recorde de Gerd Müller, com oitavo título de melhor marcador

O argentino Lionel Messi, jogador do FC Barcelona, conquistou hoje pela oitava vez o título de melhor marcador da Liga espanhola de futebol, um feito inédito nos cinco principais campeonatos.

Entre La Liga, Premier League, Seria A, Bundesliga e Ligue 1, o ’10’ do ‘Barça’ é o primeiro a conseguiu oito troféus de melhor marcador, superando os sete do alemão Gerd Müller, arrebatados entre 1966/67 e 77/78, ao serviço do Bayern Munique.

Com 30 golos, em 35 jogos, o avançado argentino repetiu os feitos de 2009/10 (34), 2011/12 (50), 2012/13 (46), 2016/17 (37), 2017/18 (34), 2018/19 (36) e 2019/20 (25), sendo que ninguém jamais vencera cinco de rajada.

Exceto na época passada e na presente, batido pelo polaco Robert Lewandowski, que marcou 41 golos pelo Bayern Munique, Messi juntou sempre o ‘pichichi’ à ‘Bota de Ouro’, sendo igualmente o ‘rei’ desse prémio, com seis vitórias.

Na Liga espanhola, o argentino, de 33 anos, já era o recordista desde a época passada, quando foi o melhor marcador pela sétima vez, deixando para trás Telmo Zarra, que tinha seis, pelo Athletic (1944/45, 45/46, 46/47, 49/50, 50/51 e 52/53).

Em relação aos outros campeonatos do ‘top 5’, destaque para Jimmy Greaves, que foi seis vezes o ‘rei’ dos goleadores em Inglaterra, duas pelo Chelsea (1958/59 e 60/61) e quatro ao serviço do Tottenham (1962/63, 63/64, 64/65, 68/69).

Na Serie A, também há um líder a solo, o sueco Gunnar Nordahl, do AC Milan, que foi o ‘capocannoniere’ em cinco ocasiões (1949/50, 50/51, 52/53, 53/54 e 54/55).

Quanto à Ligue 1, líder um trio, também cinco vezes vencedores, incluindo dois argentinos, Carlos Bianchi (três vezes pelo Reims e duas pelo PSG, entre 1973/74 e 78/79) e Delio Onnis (duas pelo Mónaco, duas pelo Tours e uma pelo Toulon, ente 1974/75 e 83/84).

Por seu lado, o ‘anfitrião’ Jean-Pierre Papin também ‘reinou’ cinco vezes, de forma consecutiva, de 1987/88 a 91/92, sempre ao serviço do Marselha. Na presente temporada, Kylian Mbappé, de apenas 22 anos, somou a terceira seguida.

Quanto à Bundesliga, e além dos sete títulos de Müller, vencedor em 1966/67, 68/69, 69/70, 71/72, 72/73, 73/74 e 77/78, destaque para o sexto alcançado esta época por Lewandowski, depois de 2013/14, 15/16, 17/18, 18/19 e 19/20, o primeiro ainda ao serviço do Borussia Dortmund.

Com os 30 golos marcados na edição de 2020/21, e além do oitavo ‘pichichi’, Messi reforçou a liderança no total de golos, somando agora 474 golos, mais 162 do que o português Cristiano Ronaldo, que, em nove anos no Real Madrid, logrou superar o argentino em 2010/11, 2013/14 e 2014/15.

Além dos três ‘pichichis’, Ronaldo também foi uma vez o melhor marcador da Premier League, em 2007/08, pelo Manchester United, e esta época repetiu o feito na Serie A, pela Juventus, somando agora cinco títulos de melhor marcador.

PFO // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS