Leclerc conquista no Azerbaijão a segunda ‘pole’ consecutiva no Mundial de F1

O piloto monegasco Charles Leclerc (Ferrari) conquistou hoje a ‘pole position’, a segunda consecutiva, para o Grande Prémio do Azerbaijão, sexta prova do Mundial da Fórmula 1, marcada para domingo, em Baku.

Leclerc conquista no Azerbaijão a segunda 'pole' consecutiva no Mundial de F1

Leclerc conquista no Azerbaijão a segunda ‘pole’ consecutiva no Mundial de F1

O piloto monegasco Charles Leclerc (Ferrari) conquistou hoje a ‘pole position’, a segunda consecutiva, para o Grande Prémio do Azerbaijão, sexta prova do Mundial da Fórmula 1, marcada para domingo, em Baku.

Depois de ter conseguido a ‘pole’ há duas semanas, na sua terra natal, Leclerc voltou a ser o mais rápido em Baku, com um tempo de 1.41,218 minutos, batendo o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), campeão em título, e o holandês Max Verstappen (Red Bull), líder do campeonato.

No Mónaco, o piloto da Ferrari acabou por não poder beneficiar da ‘pole’ na corrida, uma vez que teve problemas no carro e acabou por nem participar na prova.

A terceira e última sessão de qualificação de hoje ficou marcada por acidentes de Yuki Tsunoda (AlphaTauri) e Carlos Sainz (Ferrari), que originou uma bandeira vermelha perto do fim.

Além do acidente do japonês e do espanhol, também as colisões de Lance Stroll (Aston Martin) e Antonio Giovanizzi (Alfa Romeo), no primeiro segmento, e Daniel Ricciardo (McLaren), no segundo, obrigaram à interrupção das sessões.

O heptacampeão mundial Lewis Hamilton (Mercedes) ficou a 218 milésimos de Leclerc, que somou a nona ‘pole’ da carreira’, e sairá do segundo lugar, à frente de Max Verstappen (Red Bull) e do francês Pierre Gasly (AlphaTauri).

Apesar do despiste, o espanhol Carlos Sainz vai partir do quinto posto, enquanto o mexicano Sérgio Pérez (Red Bull) sairá do sétimo lugar, atrás do inglês Lando Norris (McLaren) – investigado, face ao seu desempenho durante uma das bandeiras vermelhas.

Com cinco provas realizadas, Max Verstappen lidera o Mundial com 105 pontos, mais quatro do que Hamilton.

AJC // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS